Seguidores

terça-feira, dezembro 26, 2006

2007

FELIZ OLHAR NOVO!!!

(Carlos D. de Andrade)

O grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho da sua história. O grande lance é viver cada momento como se a receita da felicidade fosse o AQUI e o AGORA. Claro que a vida prega peças. É lógico que, por vezes, o pneu fura, chove demais... mas, pensa só: tem graça viver sem rir, sem gargalhar pelo menos uma vez ao dia? Tem sentido ficar chateado durante o dia todo por causa de uma discussão na ida pro trabalho?
Quero viver bem. 2006 foi um ano cheio. Foi cheio de coisas boas e realizações, mas também cheio de problemas e desilusões. Normal. Às vezes se espera demais das pessoas. Normal. A grana que não veio, o amigo que decepcionou, o amor que acabou. Normal. 2007 não vai ser diferente. Muda o século, o milênio muda, mas o homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja, mas e aí? Fazer o quê? Acabar com seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança?
O que eu desejo para todos nós é sabedoria! E que todos saibamos transformar tudo em uma boa experiência!
Que todos consigamos perdoar o desconhecido, o mal educado. Ele passou na sua vida. Não pode ser responsável por um dia ruim... Entender o amigo que não merece nossa melhor parte. Se ele decepcionou, passe-o para a categoria 3, a dos amigos. Ou mude de classe, transforme-o em colega. Além do mais, a gente, provavelmente, também já decepcionou alguém.
O nosso desejo não se realizou? Beleza, não tava na hora, não deveria ser a melhor coisa pra esse momento (me lembro sempre de um lance que eu adoro: CUIDADO COM SEUS DESEJOS, ELES PODEM SE TORNAR REALIDADE). Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano. Não adianta lutar contra isso. Mas se a gente se entende e permite olhar o outro e o mundo com generosidade, as coisas ficam diferentes.
Desejo para todo mundo esse olhar especial. 2007 pode ser um ano especial, muito legal, se entendermos nossas fragilidades e egoísmos e dermos a volta nisso. Somos fracos, mas podemos melhorar. Somos egoístas, mas podemos entender o outro. 2007 pode ser o bicho, o máximo, maravilhoso, lindo, espetacular... ou... Pode ser puro orgulho! Depende de mim, de você! Pode ser. E que seja!!!
Feliz olhar novo!!! Que a virada do ano não seja somente uma data, mas um momento para repensarmos tudo o que fizemos e que desejamos, afinal sonhos e desejos podem se tornar realidade somente se fizermos jus e acreditarmos neles!"


UM ANO NOVO CHEIO DE MUDANÇAS!!!
FELIZ 2007!!!

segunda-feira, dezembro 11, 2006

Aparecendo pra me ausentar

Olá meus amigos.
Nos últimos tempos , não tenho conseguido manter o blog, como sempre fiz, não gosto de fazer as coisas de qualquer jeito , não gosto de não conseguir retribuir as visitas e os comentários dos amigos, por isso, estou avisando que vou me ausentar até o início do ano , caso eu consiga me organizar melhor, eu passo pra visitar a cada um no dia de Natal, se não fica agora o meu desejo, de um lindo Natal pra todos.


"Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. Isaías 9:6"

Muitos, muitos beijos.


ps: vou deixar o endereço eletrônico da ONG que eu estou trabalhando, na verdade trabalho no Projeto Crescendo uma das entidades beneficiadas pela ONG.
www.ongacaovida.com.br
Visitem e divulguem, não saberei como agradecer.
Bjs

quarta-feira, dezembro 06, 2006

Tua presença





Tua Presença

Diante do Trono

ONDE QUER QUE EU ESTEJA SENHOR
EM UM VALE OU ALTA MONTANHA
O QUE FAZ O MEU DIA TER COR
É A BELEZA DA TUA COMPANHIA
NÃO IMPORTA O LUGAR SE COMIGO O SENHOR ESTÁ
COM MUITO OU POUCO SOU FELIZ
NÃO IMPORTA O QUE ESTÁ DO LADO DE FORA
ÉS O MEU TESOURO E ESTÁS DENTRO DE MIM
TUA PRESENÇA,
TUA PRESENÇAFAZ
TODA DIFERENÇA
TUA PRESENÇA,
TUA PRESENÇA
TRANSFORMA O MEU DESERTO
EM UM JARDIM SECRETO
LUGAR DE INTIMIDADE CONTIGO
TU ÉS TUDO O QUE EU PRECISO
EU PREFIRO ESTAR NUM DESERTO
E TER O SENHOR BEM POR PERTO
SE GUIADO POR TEU ESPÍRITO SOU
NÃO IMPORTA O LUGAR ONDE ESTOU
EU NÃO TEMEREI


A cada dia tenho vivido mais e mais esta verdade em minha vida.
Eu amo te amar Senhor.
Beijos
Linda noite

segunda-feira, dezembro 04, 2006

Concurso


Boa tarde amigos.
Voltei pra falar sobre um concurso que nosso amigo Júnior do Frigideira, esta concorrendo, então não custa passar lá no blog dar uma conferida na qualidade dos posts dele e depois dar seu voto .
Segue o endereço:
http://www.enquetes.com.br/popenquete.asp?id=703283
Obrigada .
Beijos

domingo, dezembro 03, 2006

Refletindo

Pra refletir.

Uma barra de aço no valor de cinco dólares, quando transformada em ferraduras passa a valer duas vezes mais. Se transformada em agulhas, passa a valer setenta vezes mais; se em lâminas de canivetes, seis mil vezes mais; se em molas de relógios, cinquenta mil vezes mais.
Por que processos a pobre barra tem que passar para ficar valendo isto!
Mas quanto mais ela é manipulada, e golpeada, e introduzida no fogo, e batida, e prensada, e polida, maior o seu valor .
Boa semana.
Muitos beijos.



sexta-feira, dezembro 01, 2006

Blogagem Coletiva



Direitos


Conheça as conquistas legais que garantem os direitos civis das pessoas que vivem com HIV e Aids no Brasil.


1 .Acesso expandido

Acesso expandido é o direito de pacientes com doenças graves, como a Aids, na ausência de outras alternativas terapêuticas satisfatórias, terem acesso a produtos potencialmente eficazes, não registrados no país ou ainda em fase de pesquisa. Neste caso, o médico responsável deve, entre outras medidas, obter por escrito a concordância do paciente em receber o produto; assinar termo de compromisso assumindo que irá cumprir os preceitos legais e éticos; informar ao patrocinador da pesquisa todos os eventos adversos observados e manter disponível a documentação referente a cada paciente tratado com o produto no programa de acesso expandido, para auditoria da Secretaria de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde. Fonte: Minuta de Portaria da Secretaria de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde. 2000


2. Alta médica


Ainda que o paciente sob seus cuidados insista, o médico pode negar-se a conceder-lhe a alta se considerar que isso pode acarretar-lhe risco de vida. Se o paciente, seus responsáveis ou familiares tomarem a decisão de transferi-lo, devem responsabilizar-se, por escrito, pelo ato. Neste caso, o médico também tem o direito de passar a assistência que vinha prestando para outro profissional indicado ou aceito pelo paciente ou família, documentando as razões da medida. Fonte: Processo-consulta CFM nº 7.299/99 e nº 33/2000


3. Aposentadoria por invalidez


Na Previdência Social será considerado inválido aquele indivíduo que for incapaz para o seu trabalho e insusceptível de reabilitação para outra atividade que lhe garanta subsistência. No caso da Aids pode-se afirmar que nem todo soropositivo é doente. Nem todo doente é incapaz e nem todo incapaz é inválido, fazendo jus à aposentadoria. Fonte: Direitos Previdenciários dos Soropositivos, Ministério da Previdência e Assistência Social.


4. Atendimento digno


Os usuários dos serviços de saúde no Estado de São Paulo têm vários direitos assegurados, para garantir-lhes um atendimento digno e respeitoso. Devem ser identificados e tratados pelo nome ou sobrenome e não de modo genérico (por números, códigos); ter assegurado, durante as consultas e internações, procedimentos diagnósticos e terapêuticos e satisfação de necessidades fisiológicas; integridade física; a privacidade; a individualidade; o respeito aos valores éticos e culturais. Se assim o desejar, nestas ocasiões pode ser acompanhado por pessoa por ele indicada. Por sua vez, a criança terá em seu prontuário a relação das pessoas que poderão acompanhá-la integralmente, durante o período de internação. O paciente tem o direito, ainda, de receber ou recusar assistência moral, psicológica, social ou religiosa; receber anestesia em todas as situações indicadas; recusar tratamentos dolorosos ou extraordinários para tentar prolongar a vida e optar pelo local de morte. Fonte: Lei Estadual n° 10.241/99; Resolução n° 1.359/92 do Conselho Federal de Medicina.


5. Atendimento domiciliar


A Assistência Domiciliar Terapêutica (ADT) aos portadores do HIV e Aids, no âmbito do Sistema Único de Saúde, iniciou-se em 1996. Prestada por equipe multidisciplinar, incluindo o médico, tem como objetivos otimizar recursos e promover a melhoria da qualidade de vida dos pacientes. Além da anamnese, e exame físico, o paciente deverá ser orientado sobre sua terapia anti-retroviral, periodicidade das visitas e exames complementares. Alguns procedimentos um pouco mais minuciosos são factíveis, como biópsia de pele e coleta de material (sangue, fezes, urina, punção lombar); terapêuticos, como a administração intravenosa de medicamentos, alimentação enteral, oxigenoterapia, troca e manutenção de sondas, curativos e outros. Fonte: Assistência Domiciliar Terapêutica (AD), Ministério da Saúde, 1998


6. Banco de Leite


Antes de amamentar seus filhos, as mães em situação de risco para o HIV devem ser orientadas a submeter-se ao teste sorológico orientado, de preferência no pré-natal. As mulheres infectadas pelo HIV não devem amamentar os próprios filhos, nem doar leite. Se não houver outra alternativa para a substituição do leite materno ? no caso de bebês que dependem da substância como fator de sobrevivência ? estes poderão receber o leite das próprias mães, desde que adequadamente pasteurizado: é competência do Banco de Leite Humano realizar esse processo, no qual o colostro, ou o leite, passa por um aquecimento a 62,5° por trinta minutos. Tal tratamento térmico demonstra-se capaz de inativar todas as partículas de HIV possíveis de serem encontradas no leite humano. Isso quer dizer que o simples congelamento não garante a inativação do vírus. Fonte: Portaria n° 2.415/96 do Ministério da Saúde

7. Consulta médica


Ninguém, seja convênio, seja instituição hospitalar, pode limitar o tempo de duração de uma consulta médica, prejudicando o tratamento ? ou o correto entendimento ? do paciente. O artigo 8° do Código de Ética Médica estabelece que: "o médico não pode, em qualquer circunstância ou sob qualquer pretexto, renunciar a sua liberdade profissional, devendo evitar que quaisquer restrições ou imposições possam prejudicar a eficácia e correção de seu trabalho". Limitações aleatoriamente impostas por algumas instituições atentam contra a boa prática médica, pois ignoram fatores determinantes sobre o tempo mínimo ideal para assistência do paciente, tais como as peculiaridades e destinação de cada serviço, as condições e necessidades do assistido. Fonte: Parecer- consulta CFM Nº 30/1990


8. Continuidade no acompanhamento


Depois de iniciado o tratamento, o médico não pode abandonar o paciente, a não ser que tenham ocorrido fatos que comprometam a relação médico-paciente e o desempenho profissional. Nesses casos, o paciente (ou o responsável) deve ser previamente informado. O médico deve expor seus motivos para o desligamento e garantir que haja continuidade na assistência prestada, sem prejuízo ao tratamento. No entanto, o médico deve prosseguir o atendimento ao paciente se for o caso de atenuar-lhe o sofrimento físico ou psíquico. Fonte: Código de Ética Médica, artigo 61;Resolução n° 1359/92 e parecer n° 14/88, do Conselho Federal de Medicina.

9. Cuidados pós-estupro


De acordo com a Norma Técnica do Ministério da Saúde de prevenção e tratamento dos agravos resultantes da violência sexual contra mulheres e adolescentes, "as instituições de referência devem ter acesso à assistência laboratorial para a execução dos exames recomendados e de outros que, a critério clínico, poderão vir a ser solicitados. Cabe ressaltar que a solicitação desses exames é justificada pelo fato de que 16% das mulheres que sofrem violência sexual contraem algum tipo de DST e que uma em cada 1000 é infectada pelo HIV". No momento da alta hospitalar, o serviço de saúde deve assegurar orientação e métodos anticoncepcionais à mulher, que deve retornar entre 15 e 30 dias depois de uma eventual interrupção de gravidez (conforme faculta a lei), para acompanhamento médico e psicológico. A sorologia anti-HIV deve ser solicitada com 90 e 180 dias. Logo após o estupro, pode ser recomendado o uso de contracepção de emergência ou profilaxia para DST/Aids, dependendo de cada caso e da conduta do serviço. Fonte: Recomendações para Terapia Anti-retroviral em Adultos e Adolescentes Infectados pelo HIV ? 2000 ? Ministério da Saúde

10. Direito à saúde


A saúde é um direito de todos e dever do estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação. É um direito fundamental do ser humano, devendo o Estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício. Garantir a saúde consiste na formulação e execução de políticas econômicas e sociais que visem à redução de riscos de doenças e de outros agravos e no estabelecimento de condições que assegurem acesso universal e igualitário às ações e aos serviços para a sua promoção, proteção e recuperação. Fonte: Constituição Federal de 05/10/88 (art. 196) Lei 8080/90 - Lei Orgânica da Saúde


11. Direitos dos Soropositivos


Declaração dos Direitos Fundamentais da Pessoa Portadora do Vírus da AIDS. Considerando: que a AIDS, do ponto de vista da medicina, é uma doença como as outras; que a AIDS é uma epidemia mundial e é preciso um esforço coletivo mundial para detê-la; que não existe perigo de contágio da AIDS exceto através das relações sexuais, de transfusão sangüínea e da passagem da mãe ao feto ou bebê; que do ponto de vista planetário é a Humanidade que se encontra soropositiva, não existindo uma "minoria" de doentes; que contra o pânico, os preconceitos e a discriminação a prática da solidariedade é essencial. Proclamamos que: 1. Todas as pessoas têm direito à informação clara, exata, cientificamente fundada sobre a AIDS, sem nenhum tipo de restrição. Os portadores do vírus têm direito a informações específicas sobre sua condição. 2. Todo portador do vírus da AIDS tem direito à assistência e ao tratamento, dados sem qualquer restrição, garantindo sua melhor qualidade de vida. 3. Nenhum portador do vírus será submetido a isolamento, quarentena ou qualquer tipo de discriminação. 4. Ninguém tem o direito de restringir a liberdade ou os direitos das pessoas pelo único motivo de serem portadoras do HIV, qualquer que seja sua raça, sua nacionalidade, sua religião, sua ideologia, seu sexo ou orientação sexual. 5. Todo portador do vírus da AIDS tem direito à participação em todos os aspectos da vida social. Toda ação que tende a recusar aos portadores do vírus um emprego, um alojamento, uma assistência ou privá-los disso, ou que tenda a restringi-los à participação nas atividades coletivas, escolares e militares, deve ser considerada discriminatória e ser punida por lei. 6. Todas as pessoas têm direito de receber sangue e hemoderivados, órgãos ou tecidos que tenham sido rigorosamente testados para o HIV. 7. Ninguém poderá fazer referência à doença de alguém, passada ou futura, ou ao resultado de seus testes para a AIDS sem o consentimento da pessoa envolvida. A privacidade do portador do vírus deverá ser assegurada por todos os serviços médicos e assistenciais. 8. Ninguém será submetido aos testes de AIDS compulsoriamente, em caso algum. Os testes de AIDS deverão ser usados exclusivamente para fins diagnósticos, para controle de transfusões e transplantes, e estudos epidemiológicos e nunca para qualquer tipo de controle de pessoas ou populações. Em todos os casos de testes, os interessados deverão ser informados. Os resultados deverão ser informados por um profissional competente. 9. Todo portador do vírus tem direito a comunicar apenas às pessoas que deseja seu estado de saúde ou o resultado dos seus testes. 10. Todo portador do vírus tem direito à continuação de sua vida civil, profissional, sexual e afetiva. Nenhuma ação poderá restringir seus direitos completos à cidadania. VIVA A VIDA! Por Herbert Daniel, Enong, 1989


12. Direitos humanos e de cidadania


Todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotadas de razão e consciência e devem agir em relação umas às outras com espírito de fraternidade. Tem direito à informação clara, exata e cientificamente fundamentada acerca da aids, sem nenhum tipo de restrição. As pessoas com HIV têm direito a informações específicas sobre sua condição de saúde. Não se pode impedir às pessoas que vivem com HIV/aids que exerçam plenamente seus direitos de cidadão. Senão, a aids deixa de ser uma doença para ser uma pena aplicada aos criminosos morais. Fonte: Direito das Pessoas Vivendo com HIV/Aids; Mírian Ventura - Grupo Pela Vidda/RJ, 1993; Declaração dos Direitos Fundamentais da Pessoa que Vive com HIV/Aids. Montreal ? 1988


13. Distribuição de seringas e agulhas a usuários de drogas


A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo está autorizada a adquirir e distribuir seringas descartáveis aos usuários de drogas endovenosas, com o objetivo de reduzir a transmissão do vírus da Aids por via sangüínea em São Paulo. É garantido anonimato aos usuários que procurarem o serviço. Fica facultado à Secretaria da Saúde celebrar convênios com municípios, universidades e organizações não-governamentais, visando o acompanhamento, execução e avaliação da lei. Fonte: Lei Estadual nº 9.758, de 17 de setembro de 1997

14. Escola


Conforme portaria interministerial de 1992, é vedada a realização de teste sorológico compulsório, prévio à admissão ou matrícula de aluno, e a exigência de testes para manutenção da matrícula e de sua freqüência nas redes pública e privada de ensino de todos os níveis. Da mesma forma, não devem ser exigidos testes sorológicos prévios à contratação e manutenção do emprego de professores e funcionários, por parte de estabelecimentos de ensino. Os indivíduos sorologicamente positivos, sejam alunos, professores ou funcionários, não estão obrigados a informar sobre sua condição à direção, a funcionários ou a qualquer membro da comunidade escolar. A criança e o adolescente têm direito à educação, visando ao pleno desenvolvimento de sua pessoa, preparo para o exercício da cidadania e qualificação para o trabalho, assegurando, entre outros, o direito de ser respeitado por seus educadores e a igualdade de condições para o acesso e permanência na escola. Fonte: Portaria Interministerial no 796, de 29 de maio de 1992.


15. Exames Compulsórios


É vedada a realização compulsória de sorologia para HIV, em especial, como condição necessária a internação hospitalar, pré-operatório ou exames pré-admissionais ou periódicos e, ainda, em estabelecimentos prisionais. Não se justifica, ainda, a realização de teste sorológico compulsório prévio à admissão ou manutenção de matrícula e freqüência de aluno nas redes pública e privada de ensino em todos os níveis. No âmbito do Serviço Público Federal, é proibida a exigência de teste para a detecção do vírus, tanto nos exames pré-admissionais, quanto nos exames periódicos de saúde. Fonte: Portaria Interministerial n° 796/92; Portaria Interministerial n° 869/92; Resolução n° 1359/92, do Conselho Federal de Medicina.

16. Hemodiálise


Os pacientes com doença renal que tenham indicação de ser mantidos em diálise e que estejam infectados pelo HIV, devem ter garantido o tratamento dialítico. Estes pacientes não necessitam ser isolados a não ser que apresentem infecção oportunista transmissível. Aqueles em programa de diálise peritoneal não necessitam ser submetidos à triagem sorológica para infecção pelo HIV, uma vez que os cuidados rotineiros de biossegurança são suficientes para a sua proteção e do profissional de saúde. Fonte: Manual do Ministério da Saúde / Normas Técnicas para Prevenção da Transmissão do HIV nos Serviços de Saúde.


17. Hospital-dia


O Hospital-dia tem como funções, entre outras, reduzir o tempo de permanência do doente em ambiente hospitalar, facilitando a manutenção dos esquemas diagnósticos terapêuticos e a integração com a própria família. Devem seguir estritamente as normas técnicas da Coordenação Nacional de DST/Aids, sendo que suas farmácias devem manter e distribuir os medicamentos para o tratamento da Aids no hospital e ao paciente no domicílio. Fonte: Portaria do Ministério da Saúde n° 93/94


18. Informações claras


As informações passadas aos portadores de HIV (ou de qualquer outra patologia) devem ser claras, objetivas e compreensíveis, incluindo os riscos, benefícios e inconvenientes das medidas diagnósticas e terapêuticas propostas e duração prevista do tratamento. No caso de procedimentos de diagnósticos e terapêuticos invasivos, deve-se explicar a necessidade ou não de anestesia ? bem como o tipo de anestésico a ser aplicado ? os instrumentais a serem utilizados, as partes do corpo que eventualmente poderão ser afetadas e os possíveis efeitos colaterais. A pessoa deve receber informações sobre a finalidade do material colhido para exame e outras alternativas de diagnóstico e terapêutica existentes. As receitas, o diagnóstico e o tratamento indicados têm que ser legíveis, conter o nome do profissional e seu número de registro no órgão competente. O nome genérico da substância a ser utilizada precisa constar nas receitas. Fonte: Lei Estadual n°10.241/99(São Paulo)

19. Leitos obrigatórios


É obrigatória a destinação de, no mínimo, 12 leitos para pacientes portadores de AIDS (Síndrome de Imuno-Deficiência Adquirida), em cada Hospital Próprio que compõe a rede pública de saúde do Estado de São Paulo. Caberá às Coordenações de Regiões de Saúde, através dos respectivos Escritórios Regionais de Saúde, o acompanhamento da observância do disposto nesta Resolução. Fonte: Resolução Secretaria de Estado da Saúde S-476, de 06 de dezembro de 1991


20. Medicamentos gratuitos


Todos os portadores do HIV e doentes de Aids têm o direito de receber gratuitamente, do Sistema Único de Saúde (SUS), toda a medicação necessária para o tratamento, cabendo ao Ministério da Saúde padronizar os medicamentos a serem utilizados em cada estágio evolutivo da infecção e da doença, para orientar a compra dos remédios pelo SUS. A padronização de terapias deverá ser revista e republicada anualmente, ou sempre que se fizer necessário, para se adequar ao conhecimento atualizado e à disponibilidade de novos medicamentos no mercado. É bom lembrar que mesmo os portadores de HIV/Aids não provenientes de serviços públicos de saúde têm acesso ao tratamento gratuito. Fonte: Lei nº 9.313, de 13 de Novembro de 1996. Resolução da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo S-589 de 18 de janeiro de 1994


21. Médico HIV positivo


Não há risco definido de transmissão do HIV, de profissionais de saúde para seus pacientes, caso sejam respeitadas as normas de biossegurança. Mesmo quando o médico é sabidamente infectado, porém não apresenta doença em estado capaz de prejudicar sua competência profissional, considera-se como não obrigatório de sua parte a informação ao paciente de sua infecção: a posição contrária iria prejudicar não só o direito ao trabalho do profissional, como também iria aumentar os preconceitos e ajudar a difundir a opinião incorreta de haver risco de transmissão do HIV por contato casual. Fonte: Parecer CFM nº 11/92 e Parecer CREMERJ nº 29/95


22. Não ser discriminado pelo médico


O médico não pode recusar-se a atender o portador da doença sob alegação de risco profissional, ou de ser contaminado, porque a sua função é exatamente esta. O mesmo ocorre com o pessoal da área médica e com o hospital. Deve guardar absoluto respeito pela vida humana, atuando sempre em benefício do paciente. Jamais utilizar seus conhecimentos para gerar sofrimento físico ou moral, para o extermínio do ser humano, ou para permitir acobertar tentativa contra sua dignidade e integridade. Fonte: Código de Ética Médica, art. 6.°


23. Planos de saúde


De acordo com a lei dos planos de saúde, válida desde janeiro de 1999, as operadoras não podem deixar de oferecer nos contratos novos a opção de cobertura de doenças preexistentes ? definidas como sendo aquelas que o consumidor ou seu responsável saiba ser portador ou sofredor, à época da contratação do plano ? incluindo HIV e Aids. Mas, nesse caso, para haver atendimento imediato, as empresas podem "agravar", situação que consiste no aumento da mensalidade em função da pessoa ser portadora do HIV. Além do agravo, as operadoras são obrigadas a oferecer a opção de cobertura parcial temporária por 24 meses. Neste caso, o usuário com Aids paga o mesmo valor de um plano comum, mas terá carência de dois anos para procedimentos, exames e internações ligados à doença. Para os pacientes de HIV/Aids que têm planos de saúde com contato anterior a janeiro de 1999 e não fizeram adaptação às novas regras (o que é facultativo), vale o que está escrito no contrato. No caso de negação de cobertura, mesmo prevista no contrato, cabe ação judicial. Fonte: Lei Federal n° 9.656/98


24. Pré-natal


Todas as pacientes que passam pelo pré-natal têm o direito de submeter-se ao exame anti-HIV, que deve ser sugerido pelo médico que as assistem visando a diminuir as chances de transmissão do vírus da mãe para o bebê. O consentimento ou a negativa por parte da paciente deve constar de seu prontuário, ficando sob responsabilidade dos serviços e instituições disponibilizar exames, medicamentos e outros procedimentos necessários ao diagnóstico e tratamento da infecção pelo HIV em gestantes, bem como assistência ao pré-natal, parto, puerpério e atendimento ao recém-nascido. Fonte: Resolução Cremesp nº 95/2000


25. Previdência (benefícios)


É justificado auxílio-doença ou aposentadoria, independente do período de carência, para o segurado que, após a filiação à Previdência Social vier a manifestar uma doença, bem como a pensão por morte aos seus dependentes. Em casos específicos, a lei faculta reforma militar e pensão especial. Também está assegurado ao HIV positivo o levantamento dos valores correspondentes ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), independentemente de rescisão de contrato individual de trabalho ou de qualquer outro tipo de pecúlio que o paciente tenha direito. Está autorizada ainda a liberação das contas do PIS/PASEP aos titulares não aposentados vitimados pela Aids. Esta liberação, porém, beneficia apenas os participantes acometidos por infecções oportunistas ou neoplasias malignas decorrentes da Aids (atestadas pelo médico e perito do INSS). Fonte: Lei Federal n° 7.670/88/ Resolução Federal n° 02/92


26. Reprodução assistida


A autonomia do casal com sorologia positiva com o HIV deve ser respeitada pelo médico, que tem a responsabilidade de esclarecer sobre os possíveis riscos decorrentes da decisão de ter um filho. Se a escolha recair sobre reprodução assistida, o casal deve assinar a um consentimento livre e esclarecido sobre estes riscos. A inseminação intra-uterina de espermatozóides tratados de homem HIV-positivo ? assim como a transferência de embriões ? é cada vez mais possível com o avanço de métodos de isolamento de espermatozóides e controles virológicos. Ainda assim, estes métodos não permitem concluir que há risco zero de infecção pelo HIV, mas o reduzem de maneira significativa se comparado com relações sexuais não protegidas. Fonte: Parecer do Conselho Nacional de Aids da França, 1999. Não há, no Brasil, até o momento (2001), nenhum parecer ético ou técnico definitivo sobre a questão. [

27. Sangue testado


Os bancos de sangue, hemoterapia e outras entidades afins ficam obrigados a realizar o cadastramento dos doadores e as provas de laboratório, visando a prevenir a propagação de doenças transmissíveis através do sangue ou de suas frações. As provas de laboratório incluirão, obrigatoriamente, aquelas destinadas a detectar infecções como Aids, hepatite B, sífilis, doença de Chagas e malária. Fonte: Lei Federal n° 7.649/88; Parecer n°14,88 do Conselho Federal de Medicina


28. Sigilo


O sigilo profissional deve ser rigorosamente respeitado em relação aos pacientes com Aids. Isso se aplica, inclusive, depois de sua morte e aos casos em que ele deseja que a condição não seja revelada sequer aos familiares. Será permitida a quebra deste sigilo quando houver autorização expressa do paciente; por dever legal (exemplo, preenchimento de atestado de óbito) ou por justa causa de terceiros (quando o paciente recusar-se a informar sua condição a parceiros sexuais ou a pessoas que compartilhem com ele seringas e agulhas para o uso de drogas endovenosas). Médicos de empresas estão proibidos de revelar as condições sorológicas dos candidatos, cabendo-lhes apenas indicar se estão capacitados ou não à vaga proposta. A intimidade, vida privada, imagem e honra das pessoas são invioláveis, sendo assegurado o direito de indenização por dano material ou moral decorrente da violação. Fonte: Constituição Federal, art. 5°; Resolução n° 1.359/92 do Conselho Federal de Medicina Norma Técnica Prevenção e Tratamento dos Agravos Resultantes da Violência Sexual contra Mulheres e Adolescentes (Ministério da Saúde, 1ª Edição, Brasília, 1998).

Sugestão Vera Froés

sexta-feira, novembro 24, 2006

Maçã




A Maçã

Vejam uma história verídica que aconteceu
na Universidade de Chicago (USA)

Prove e veja:

Na Universidade de Chicago "Divinity
School", em cada ano eles têm o que
chamam de "Dia Batista".
Nesse dia cada um deve trazer um prato de
comida e há um picnic no gramado.
Sempre, no "Dia Batista", a escola convida
uma das grandes mentes da literatura no
meio educacional teológico para dar uma
palestra.
Num ano eles convidaram o Dr. Paul Tillich.
Dr. Tillich falou durante 2 horas e meia
provando que a ressurreição de Jesus era
falsa. Ele questionava estudiosos e livros e
concluiu que, a partir do momento que não
haviam provas históricas da ressurreição, a
tradição religiosa da Igreja caía por terra,
porque era baseada num relacionamento
com um Jesus que havia ressurgido, mas, de
fato, Ele nunca havia ressurgido
literalmente dos mortos.
Quando concluiu sua teoria, ele perguntou
se havia alguma pergunta. Depois de uns 30
segundos, um senhor negro de cabelos
brancos se levantou no fundo do auditório.
"Dr. Tillich, eu tenho uma pergunta" ele
disse enquanto todos os olhos se voltavam
para ele. Ele colocou a mão na sua sacola,
pegou uma maçã e começou a comer.
"Dr. Tillich... CRUNCH, MUNCH... Minha
pergunta é uma questão muito simples...
CRUNCH, MUNCH...
Eu nunca li tantos livros como o senhor
leu...CRUNCH, MUNCH...
e também não posso recitar as Escrituras no
original grego... CRUNCH, MUNCH...
Eu não sei nada sobre Niebuhr e Heidegger...
CRUNCH, MUNCH..."
e ele acabou de comer a maçã.
"Mas tudo o que eu gostaria de saber é: essa
maçã que eu acabei de comer...estava doce
ou azeda?"
Dr. Tillich parou por um momento e
respondeu com todo o estilo de um
estudioso:
"Eu não tenho possibilidades de responder
essa questão, pois eu não provei a sua
maçã."
O senhor de cabelos brancos jogou o que
restou da maçã dentro do saco de papel,
olhou para o Dr. Tillich e disse calmamente:
"O senhor também nunca provou do meu
Jesus. Como pode afirmar o que está
dizendo?"
Mais de 1000 pessoas que estavam
assistindo não puderam se conter. O
auditório se ergueu em aplausos.
Dr. Tillich agradeceu a platéia e rapidamente
deixou o palco."

E você já provou Jesus????

"Prove e veja que o Senhor é bom. Feliz é o
homem que Nele se refugia" (Salmo 34:8 ).

Que DEUS lhe abençôe, em Nome de JESUS !

"O mundo passa, e a sua concupiscência;
mas aquele que faz a vontade de Deus,
permanece para sempre". (1Jo 2:17).

Pensamento:

"A suprema felicidade da vida é a convicção
de ser amado,
por aquilo que você é... ou melhor, apesar
daquilo que você é..."

Bom final de semana.
Muitos beijos

domingo, novembro 19, 2006

Boa tarde

Olá amigos ( as).
Saudades de passar por aqui e agora depois do almoço deu uma folguinha , corri pra mandar notícias, dizer que estou bem, graças a Deus.
Falando nEle, hoje estou com vontade de gritar pra o mundo inteiro ouvir que eu amo meu Senhor, meu Deus e Pai.
Que eu agradeço todos os dias o privilégio que tenho de ser sua filha.
Eu te louvo hoje e para sempre .
Beijos a todos.

Mais Que Uma Voz
Kleber Lucas

Eu queria ter mais que uma voz
Mais que um amor e uma vida pra te oferecer
Pois tu és muito mais que eu possa ter em meu ser
Tu és o autor, aquele que
Pintou com perfeição a vida
Tu és o Senhor, aquele que
Me amou e és o
Meu Deus, meu Senhor
Minha vida é pra teu louvor
Meu Deus, meu Senhor
Minha vida é pra teu louvor

segunda-feira, novembro 13, 2006

Por aí





Por aí
Cazuza



Mas se eu tiver nos olhos
Uma luz bonita
Fica comigo
E me faz feliz
É que eu tô sozinho
Há tanto tempo
Que eu me esqueci
O que é verdade
E o que é mentira em volta de mim

quinta-feira, novembro 09, 2006

Meu bebê

Talvez eu seja a mãe mais "coruja", mas não é pra menos meu filho é simplesmente Maravilhoso.
Amigo , companheiro, inteligente, educado ao extremo, ético, consciente, estudioso, responsável, caridoso, uma índole , parece exagero levando-se em conta a pouca idade, tem 10 anos, mas não é.
Ele sempre me ensina muito, às vezes até me envergonho de algumas atitudes que tenho e ele vem com jeitinho e me faz ver as coisas de outro modo.
Eu, por exemplo, tinha o costume de fingir que nem ouvia a campainha tocar, ainda mais quando via pela fresta da cortina que era alguém vendendo algo, ou pior pedindo algo, a pessoa podia tocar até o dedo adormecer que eu nunca me abalava, até o dia que ele me falou:
-Mãe por que você não atende e simplesmente fala que não quer comprar nada, não vê que isso é um desrespeito , a pessoa que está lá fora está trabalhando, ela vive disso, você não gostaria que alguém fizesse isso com você , gostaria?
"Quebrou minhas pernas".
Ele separa o lixo pra reciclar, mas onde moro não tem coleta seletiva, mas é pq facilita o trabalho dos catadores.
Não deixa eu jogar óleo de cozinha usado dentro da pia , tem que ser na garrafa plástica, pq "não sei o que" no meio ambiente.
Assistiu todos os dias o horário eleitoral gratuito, e discuti com qualquer um sobre o assunto, claro que tem uma opinião ainda um tanto confusa, mas não fica quieto não, diante de um adulto.
Aos cinco anos pediu de presente de aniversário um "note book", e vem pedindo um desde então, se bem que este ano , mudou um pouco e pediu um palm, claro que não vai ganhar tão cedo.
Lê livros do tipo :
da coleção Mortos de Fama - Albert Einstein, Leonardo da Vinci, Cleópatra;
Viajando através da história - A Idade Média, A Idade Contemporânea;
Crianças na História - No tempo de Carlos Magno, No Tempo dos Faraós;
Esta lendo agora A Odisséia de Homero ( este pedido pela escola).
E alguns menos profundos, heheheh
Discute sobre a gravidade, tem inúmeros questionamentos e teorias, claro que esta discussão não se dá comigo, pq não entendo nada disso, tenho que confessar.
Filmes, tirando os de terror que são os prediletos, gosta dos épicos, Alexandre o Grande e companhia.
Ouve Kiss, Korn, Legião e Charle Brown e tantos outros, se diz eclético.
Faz natação, judô , futebol e xadrez.
Brincadeiras, só bola, game,bike e jogo de botão.
Os sonhos dele? Assinar a Discovery Channel e conhecer a Inglaterra.
Garante que vai estudar no Instituto Tecnológico de Massachusetts - MIT, até ele me falar sobre isso , eu jamais tinha escutado este nome.
Mas é claro que tem suas chatices, crises de malcriação, como toda criança, implica com a Bella, mas não conseguiria fazer uma grande reclamação dele.
Além, é claro de ser lindo, muito lindo!
Exagerei, quando falei que ele é Maravilhoso?
Pode ser que ninguém concorde comigo, mas ainda sim direi isso, ele é demais.
Felipe, você é muito mais do que eu pedi ou sonhei, Eu te amo, querido, eternamente.

quarta-feira, novembro 08, 2006

It's real

Olá amigos.
Ontem foi uma data muito marcante pra mim, algo muito esperado, começou a acontecer,algo que desejo a muito tempo e só ontem eu decidi por mim fazer isto, num futuro próximo entro em detalhes, mas marquem esta data, 07/12/2006.
E vendo agora esta data, me ocorre que dia 03/12 esta chegando e esta é com certeza a data mais linda do calendário mundial, MEU ANIVERSÁRIO!!!!!
Pretensiosa eu? Capaz, é a realidade mesmo, heheheheheh.
Este ano nem vou publicar minha lista de presentes, porque no ano passado eu fiz isso , e não é que vi chegando alguns ítens pelo correio, coisa das amigas.
Eu amo fazer aniversário.
Estou super preocupada com a decoração da festa, estou em dúvida se faço da Polly Pocket ou Little Poney, rsss.
Ainda estou correndo com meus artesanatos, tenho tanta coisa pra fazer, tanta encomenda, acho que este ano enriqueço.
Vou fazer algumas visitas, me aguardem.
Beijos.





Estou ouvindo Isabella Taviani - Sentido Contrário - eu recomendo àqueles que não a conhecem , vale a pena, é demais!

sábado, novembro 04, 2006

Oi meu queridos amigos.
Sei que devo desculpas por não vir aqui e também não visitar vocês.
Não tenho conseguido, sinto muito.
A correria esta enorme, e me parece que esta acontecendo com muitos dos amigos blogueiros, com certeza é a chegada do final do ano.
Minha criatividade anda abaixo de zero pra fazer posts e não estou com vontade de vir e somente deixar uma piadinha ou uma poesia sem um bom motivo pra fazê-lo.
Eu faço este blog pra me divertir, sem pretensão de nada, nem de escrever bonito, nem de fazer ninguém ficar pensando, nem de gerar polêmicas, simplesmente pra me divertir e com sorte, muita sorte , conhecer gente, e é o que aconteceu, eu coheço muitas pessoas por causa do blog, e gente da melhor qualidade, gente bonita de verdade, no melhor sentido da palavra.
Eu agradeço a Deus todos os dias por vocês , oro diariamente por meus amigos blogueiros, sem mentira nenhuma, por cada palavra de amizade, cada riso , cada lágrima compartilhados comigo.Vocês são por demais amados.
Obrigada.
Lindo final de semana.
Milhões de beijos.
Com amor e gratidão.

segunda-feira, outubro 30, 2006

Saudades

Olá amigos queridos.
Saudades de estar mais vezes por aqui, mas chegando o fim de ano, as coisas começam a complicar , por causa dos trabalhos de artesanato, tenho muita coisa pra fazer e preciso aproveitar, afinal fazer o que se gosta e ainda ganhar pra isso , não é pra todos, heheheh
Estou bem das costas , ainda bem, acabei recorrendo a massagens, já na segunda me sentia outra pessoa, não era nada na coluna, e sim tensão, vamos ver se consigo relaxar mais .Vou tentar.
Uma semana abençoada pra todos.
Muitos beijos
Déia




terça-feira, outubro 24, 2006

Não é vão ...





Boa tarde.
Vim falar que estou seguindo com meus remédios e espero estar bem rapidinho, rssss.
Hoje logo que cheguei no Projeto Crescendo/Ong Ação Vida, tive uma grata surpresa, com uma das crianças, uma garotinho que é danado, mas terrivelmente danado, sendo muito bondosa com ele, me presenteou com uma florzinha que pegou no caminho pra me dar, quase chorei de tanta emoção, foi uma das coisas mais lindas que já recebi, amei.
Foi uma sensação tão gostosa, tão gratificante, em ver que mesmo em meio a tanta hostilidade, tantas agressões físicas, verbais, depois de parecer que nada do que faço tem nenhum valor pra ele, ele vem com este lindo presente, me fez ver que meu trabalho não é vão, que alguma coisa boa tenho conseguido plantar no coraçãozinho dele, isso valeu o meu dia, como valeu.
Este projeto onde eu trabalho como voluntária, atende 150 crianças carentes da comunidade , próximo a minha casa, divididos em duas horários, contrário a escola regular, eles tem aula de reforço escolar, saúde, cultura e educação cristã, além de fazerem duas refeições no local.
Muitas vezes parece que eles estão lá simplesmente pela comida, muitos repetem várias vezes o almoço, é algo extraordinário de se ver.
Quase todos são tão rebeldes, agressivos, brigam entre si, xingam umas às outras, a nós monitoras das salas, fazem gestos "feios", poucos obedecem, respeitam, mas sei que isso é reflexo do que a maioria vive e vivenciam em suas casas, é um grande desafio, muitas vezes parece que estamos falando com as paredes, mas diante deste gesto, eu vi que não é bem assim, algo eles tem aprendido, sobre carinho, cuidado, respeito, tenho certeza que com este presente ele quis me agradecer por alguma coisa, e foi a maneira que encontrou de fazê-lo.
E eu adorei.
Obrigada Gabriel, eu te amo.
Obrigada meu Deus de me dar esta oportunidade e privilégio de fazer algo por eles e com isso aprender e melhorar a cada dia como pessoa.
Linda tarde.
Muitos beijos e analgésicos, rsss.

segunda-feira, outubro 23, 2006

Olá

Bom dia amigos.
Como foi o fim-de-semana ?
O meu vou dizer que o meu foi bom levando em quanto o domingo , que sempre é perfeito pra mim , por que no sábado fiquei com tanta tristeza, que ai ai ai. Nem vou entrar em detalhes, rsss.
Estava pensando em como este ano passou voando , estou a pouco mais de 30 dias pro meu aniversário , nem havia me dado conta disto , eu amo fazer aniversário ,não tenho nenhum problema em envelhecer , heheheh , mas olha os sinais da idade já começam a ser notados .
Estou atrasada com algumas visitas , mas estou a 5 dias a base de muito analgésico e outros , por conta de uma dor terrível nas costas, mais precisamente na omoplata , é uma coisa insuportável, não tenho conseguido, fazer nada direito , ler, escrever , assitir tv , tampouco ficar em frente ao pc , nem sei se tanto pela dor ou por estar dopada de tantos analgésicos, então , amores, assim que estiver bem , faço tudo rapidinho, me aguardem.
Uma semana iluminada pra todos.
Muitos beijos

quinta-feira, outubro 19, 2006

...




Inconfesso desejo



Queria ter coragem

Para falar deste segredo

Queria poder declarar ao mundo

Este amor
Não me falta vontade

Não me falta desejo

Você é minha vontade

Meu maior desejo
Queria poder gritar

Esta loucura saudável

Que é estar em teus braços

Perdido pelos teus beijos
Sentindo-me louco de desejo

Queria recitar versos

Cantar aos quatros ventos
As palavras que brotam

Você é a inspiração

Minha motivação

Queria falar dos sonhos
Dizer os meus secretos desejos

Que é largar tudo

Para viver com você

Este inconfesso desejo



Drummond

quarta-feira, outubro 18, 2006

Bom dia

Há vários dias venho cantando esta música, fui buscar no baú, e tem tudo com a fase que estou passando agora, vou botar a tradução, acho que fica mais fácil.
Lindo dia.
Milhões de beijos bem doces.

I Can See Clearly Now (tradução)

Jimmy Cliff

Eu posso ver claramente agora, a chuva se foi
Eu posso ver todos os obstáculos no meu caminho
As nuvens pretas que me deixavam cego já foram
Será um brilhante, um brilhante dia de sol
Será um brilhante, um brilhante dia de sol

Oh sim, eu posso ver agora que a dor se foi
Todos os sentimentos ruim desapareceram
Aqui está o arco-íris, que tanto rezei
Será um brilhante, um brilhante dia de sol

Olhe ao redor, não há nada além do céu azul
Olhe bem à frente, não há nada além do céu azul

Eu posso ver claramente agora, a chuva se foi
Posso ver todos os obstáculos no meu caminho
Aqui está o arco-íris, que tanto rezei
Vai ser um brilhante, um brilhante dia de sol
Vai ser um brilhante, um brilhante dia de sol
Verdadeiro...brilhante, brilhante dia de sol
Sim, ei, vai ser um brilhante,
um brilhante dia de Sol

segunda-feira, outubro 16, 2006

Você






mexe comigo
Transforma meus sentidos
Muda a fluidez do meu sangue
Altera minha respiração
As pernas bamboam,
Deixa tudo desconexo.
antes sensata,
agora louca.
ansiando um minuto ao teu lado
um beijo, um toque.
Você, mexe comigo.


Lindo dia.
Muitos beijos.

sábado, outubro 14, 2006

Domingo

Eu adoro domingo.
É o dia em que me abasteço de fé pra me mover durante a semana toda, vou à igreja de manhã e a noite também, às vezes falto, rsss, mas não gosto, minha semana não fica completa .
Então vim deixar beijos a todos e desejar que o domingo de cada um seja tão gostoso como o meu é pra mim.
KISSES

sexta-feira, outubro 13, 2006

Bom dia.

Como foi o dia das crianças de vocês?
Aqui feriado gostoso, saímos com as crianças pra almoçar fora, passear, comprar os presentes porque eu deixei pro dia, tamanha correria que estou, brincadeiras e final da noite cantando com os dois no videoke, eita coisa boa é esta de cantar, e fazer bagunça, nunca vi povo mais desafinado que nós três, mas valeu pelas gargalhadas, tudo isso claro, regado a muitos analgésicos porque ainda estou com tpm, e minha cabeça parece que vai explodir nestes dias.
Ontem nem fui pra ONG, eles iam passear com as crianças e eu já tinha combinado com meus filhos nossa saída.
Ontem recebi um lindo email, adorei , você é lindo querido amigo, obrigada por fazer parte da minha vida.
Obrigada a todos pelo carinho , no que se refere ao post anterior, muito obrigada.
Lindo dia.
Boa sexta.
Beijos.


quarta-feira, outubro 11, 2006

De novo e de novo ...






Novamente vou falar neste assunto, quem me conhece sabe que volta e meia eu falo disso , mas não posso me calar , quando mais uma vez eu perco alguém que gosto, que estimo, por causa desta doença, por causa do preconceito, da vergonha, da confiança.
Ontem eu perdi uma querida minha de 38 anos , linda, educada, agradável, inteligente, vítima de HIV.
Eu estou triste, bem triste, mas tem algo mais, algo que não sei descrever , tem um pouco de revolta também.
Eu me pergunto como alguém hoje em dia ainda se coloca numa situação de risco, como ainda há pessoas que não usam camisinha, como compartilham seringas???
Porque estas ainda são as maiores causas das contaminações, claro que ainda tem os casos de transfusão de sangue, da mãe para o filho durante a gravidez, parto ou amamentação, e instrumento perfuro-cortante não esterilizado, mas a maioria deles , conseguiriam ser evitados usando-se a camisinha.
Temos que parar de vergonha, ou quem sabe de ignorância mesmo, e não deixar a coisa ir adiante se não for com a Bendita, não importa que tipo de sexo você pratique , sexo vaginal , anal , oral , se com homem , mulher ou com os dois , ela tem que estar no meio.
Não dá mais pra ouvir , como eu já ouvi de "macho", que é como chupar bala de papel, ahh pára.
Outra também que ouço muito, é que : - Eu confio nele(a). Imagina ele não .
Se você tiver que confiar em alguma coisa que seja na camisinha, ela sim é tua amiga.
Esta minha amiga contraiu o vírus do namorado , já estavam juntos a mais de 3 anos, dá pra acreditar ?
Esta frase pra mim diz tudo : Quem vê cara, não vê AIDS.
Tudo isso com certeza não é fácil , exigir com parceiros ocasionais ou mesmo introduzir em relacionamentos já mais antigos, mas faz-se necessário. Mais difícil é você fazer um teste e descobrir-se portador de uma doença incurável . Isto com certeza é muito mais difícil.
Sendo assim, precaução.
Falei.

Lindo dia.
Beijos.

Ouvindo Almir Sater - Peão

terça-feira, outubro 10, 2006

News

Bom dia.
Estou correndo tanto que não consegui vir "blogar" estes últimos dias.
Eu tenho uma rotina muito bem definida, não costumo mudar as coisas, mas este dias foram atípicos, então estou completamente perdida, estou correndo muito com as crianças, minha casa esta "virada no Jiraya", tenho um milhão de coisas pra pintar pro Natal, estou fazendo um curso de hebraico ( curso básico), tem o serviço voluntário que talvez aumenta a carga horária, etc e etc....
Ahh ia esquecendo que ainda pra complicar eu estou na tpm, isso significa, dores, cansaço, choro e carência, dá pra ver que esta semana a coisa vai ficar feia, heheheh
Infelizmente não consegui visitar ninguém, mas hoje tento colocar todas em dia.
Lindo dia.
Muitos beijos.










Não quero rosas, desde que haja rosas.
Quero-as só quando não as possa haver.
Que hei-de fazer das coisas
Que qualquer mão pode colher?

Não quero a noite senão quando a aurora
A fez em ouro e azul se diluir.
O que a minha alma ignora
É isso que quero possuir.

Para quê?... Se o soubesse, não faria
Versos para dizer que inda o não sei.
Tenho a alma pobre e fria...
Ah, com que esmola a aquecerei?...


Fernando Pessoa, 7-1-1935.

Pra mim ele é indiscutivelmente o melhor.
Como ele consegue ser tantos Eus e tão profundamente todos?

domingo, outubro 08, 2006

Your eyes


I feel your eyes looking my life
Where I go wherever I am
I listen your voice
It makes me happy and console
I feel the strenght of your love
Even the world maked me cry
I won't give up trustin you
Because you are and you'll always be
The Lord of my life

Ever and forever
The Lord of my life

(Oficina G3)

sexta-feira, outubro 06, 2006

Epígrafe

De palavras não sei. Apenas tento
desvendar o seu lento movimento
quando passam ao longo do que invento
como pre-feitos blocos de cimento.

De palavras não sei. Apenas quero
retomar-lhes o peso a consistência
e com elas erguer a fogo e ferro
um palácio de força e resistência.

De palavras não sei. Por isso canto
em cada uma apenas outro tanto
do que sinto por dentro quando as digo.

Palavra que me lavra. Alfaia escrava.
De mim próprio matéria bruta e brava
--- expressão da multidão que está comigo.

José Carlos Ary dos Santos



Obrigada a todos pelo carinho no post de ontem , obrigada.
Lindo dia
Muitos beijos.

  • eu sai ontem a noite pra comemorar um aniversário com algumas amigas, cheguei já era hj, e me diverti muito, rsss ;
  • Fic obrigada de todo meu coração;
  • hoje é sexta-feira e eu amo este dia;
  • quando hoje eu falo sobre amor ou paixão , nunca eu estou me referindo ao meu ex, esta história faz parte do passado, ainda bem;
  • ganhei um Ipod, adorei, isso só pra me incentivar nas caminhas, eca.

quinta-feira, outubro 05, 2006

Mais de mim



Comecei este blog a quase 3 anos , fui apresentada a este mundo "bloguístico", pela minha irmãzinha do coração , ele já teve outros nomes , mas quase sempre o mesmo conteúdo.
Surgiu no meio de um momento muito conturbado da minha vida , acabara de descobrir minha compulsão alimentar , em crise no meu casamento , procurando um sentido e uma razão pra muita coisa.
Ele sempre foi pra falar sobre meu dia-a-dia , meu amor, minha dor de amor , sobre a indiferença , sobre traição , sobre meus filhos , sobre meu Deus , sobre minha entrega ao artesanato , a descoberta das minhas paixões.
Eu sou uma pessoa muito franca , transparente , não tenho nenhum problema em me expor , embora isso às vezes me cause problemas , mas ainda sim prefiro continuar sendo fiel a minha essência.
Aqui encontrei pessoas que me ajudaram , me ouviram , algumas me criticaram , outras calaram , muitas me ensinaram e me ensinam todos os dias , eu agradeço a cada pessoa que passa por aqui , que tem paciência de ler, que comenta , as que lêem e não comentam , as que comentam sem ler , todos me deixam algo , com certeza.
Hoje dia 04/10 ( na verdade ontem) faz três anos que entrei pela primeira vez numa reunião de CCA , e eu sou grata a esta irmandade , que me recebeu e me ajudou.
A partir daí aconteceu um despertamento em mim , desde o primeiro dia muita coisa mudou , houve muito aprendizado , muitos "baixos", estive no meu limite , cheguei onde nem em pesadelo achei que chegaria , mas não estive só , contei com muita ajuda , da família , dos amigos "reais" e dos virtuais , de Deus e com certeza com minha própria ajuda. Mas , como não podia deixar de ser , teve muitos "altos", eu sobrevivi , eu cresci , aprendi muito , desenvolvi algumas aptidões que eu sempre tive , mas nunca coloquei em prática , comecei a pintar , eu não aprendo pintura , eu simplesmente pinto , tela , tecido , madeira , paredes , móveis , eu me aperfeiçoe em porcelana fria , eu dei até aulas de pintura em madeira , eu trabalhei fora , eu estudei , a partir do meu gosto pessoal e de muita pesquisa , leitura sobre o tema , eu fiz alguns trabalhos de decoração , que eu simplesmente adoro.
Lembrando de tudo isso agora , eu posso com certeza afirmar " que todas as coisas contribuem para o bem o bem daqueles que amam a Deus , aqueles que são chamados segundo o seu propósito" Rm 8:28.
Este blog é uma paixão, uma supresa a cada visita que faço e um carinho ,um beijo a cada uma que recebo.
Poderia citar vários nomes aqui, mas corre o risco de ser injusta com vcs.
Então , a todos muito Obrigada!

Muitos beijos, muitos .
Lindo dia.

"Tenho pensamentos que, pudesse eu trazê-los à luz e dar-lhes vida, emprestariam nova leveza às estrelas, nova beleza ao mundo, e maior amor ao coração dos homens."
Fernando Pessoa

quarta-feira, outubro 04, 2006

Meu sentido




Cheiro de flor, de perfume, de chuva, de infância, de bebê,de bolo de fubá, de banho,dos meus filhos, do mar, de paixão, de tempero de mãe, de detalhe, de mato, de censura, de café, do amanhacer, de chocolate , de cera no chão, de roupa lavada, de fruta, do teu corpo desejando o meu.
Cheiros ...





O Cheiro de Deus


Roberto Drummond



É de bom aviso prevenir que Vó Inácia Micaéla, uma mulher cega na vizinhança dos 65 anos, com um rifle a tiracolo com o qual conversa como se fosse gente, espera o ataque dos jagunços chefiados pelo Coronel Bim Bim, que prometeu levar sua cabeça para pendurar na parede do sobrado de 28 janelas em Cruz dos Homens. Toda manhã, com o dedo no gatilho do rifle, Vó Inácia exercitava a pontaria, enquanto apurava o olfato de cega para sentir o cheiro de Deus antes da chegada do Coronel Bim Bim. Nos primeiros tempos como cega, Vó Inácia não sabia quando era dia, nem quando era noite, mas descobriu que o dia tinha um cheiro próprio, diferente da noite, e o cheiro da noite era diferente do cheiro de orvalho do dia nascendo, assim como o sábado à noite em Belo Horizonte cheirava ao suor dos amantes.
-Responde, rifle velho de guerra - perguntava Vó Inácia -, e se o cheiro do suor dos amantes for o cheiro de Deus?Vó Inácia acabou por descobrir que a felicidade cheirava, que o amor tinha um cheiro tão parecido com o cheiro do ódio a ponto de pensar que a neta Catula estava amando quando na verdade podia ser o Coronel Bim Bim chegando para cumprir a ameaça de levar sua cabeça para pendurar na parede do sobrado de 28 janelas em Cruz dos Homens. De tanto que apurou o olfato de cega, Vó Inácia sentia no ar o cheiro da chuva que só ia cair daí a dois dias.
-Agora que sou uma cega - dizia Vó Inácia ao rifle a tiracolo -, eu sei: devia ter prestado mais atenção na chuva. Viver é simples, a gente é que complica. Olhar a chuva cair é viver e eu não sabia. Molhar na chuva é viver e eu não sabia. Andar descalça na chuva também é viver. Tive que ficar cega para saber.
Acariciava o rifle a tiracolo e continuava a conversar com ele:
-Eu sempre fui com muita sede ao pote, irmão rifle. A vida tem que ser bebida devagarinho, gole a gole, hoje eu sei que a vida tem que ser degustada como um bom vinho e não é feita apenas da guerra e dos grandes amores. A vida é feita da paz e dos pequenos amores. Ah, o que eu não daria para ver a chuva caindo. Eu sinto o cheiro da chuva, mas não é a mesma coisa.
Vó Inácia respirava fundo, como a sentir o cheiro de Deus e dizia:
-Se eu fosse viver tudo de novo, irmão rifle, com o que aprendi como cega, podendo enxergar como antes, eu ia prestar muita atenção nas pessoas. Ia saber cada coisa delas, não apenas a cor dos olhos e como é o nariz e o cabelo e os jeitos e trejeitos. Ia saber como minha neta Catula masca a ponta do cabelo fulvo fazendo um barulho com os dentes como o bicho-da-seda comendo uma folha de amora. Catula faz assim desde menina, mas eu não a observei como devia assim como não observei a chuva em Cruz dos Homens. Ah, rifle velho de guerra, eu não tive tempo para observar as pessoas. Mas hoje eu sei: meu maior pecado foi não ter observado como devia meu tio e marido Old Parr Drummond...


Que hoje possamos estar mais atentos as pequenas coisas da nossa vida, são elas que fazem toda a diferença, com certeza.


Lindo dia.


Muitos bejios

terça-feira, outubro 03, 2006

Meio assim, assim






Brilho ofuscado, coraçao apertado.
Na garganta um grito sufocado, uma confusão de idéias, de sentimentos, dores,
amores e desamores, bem verdade que mais desamores.
Anseio por algo novo, novos caminhos, novos cheiros, olhares.
Quero pincelar com todas as cores meu caminho,
Quero encenar o melhor papel,
ser a inspiração pra poesias, pra melodia, pra rimas e cantigas .
Quero poder querer-te, do jeito que és, com tudo que trazes, sem medo, pudor, regras ou conveniências
Te quero de olhos aberto, te quero acordada.
Fecharia meus olhos só em teus braços, entre teus abraços, tocando teus lábios ....
Quero gritar, mas quem ouviria?
A quem importa toda esta confusão, tantas palavras desconexas?


Nem vou reler o que escrevi, porque com certeza irei apagar.








Cantiga de Amigo

"Ai flores, ai flores do verde pino,
se sabedes novas do meu amigo!
ai Deus, e u é?
Ai flores, ai flores do verde ramo,
se sabedes novas do meu amado!
ai Deus, e u é?
Se sabedes novas do meu amigo,
aquel que mentiu do que pôs comigo!
ai Deus, e u é?
Se sabedes novas do meu amado,
aquel que mentiu do que mi há jurado!
ai Deus, e u é?"
(...)

D. Diniz


Muitos beijos


Obs: Roby não consigo abrir seu blog, desculpa.
Obs: fiquei pensando numa rima pra Andréia, geléia, centopéia, a pior véia, hehehehehe
Obs: pq de um poema tão antigo? Ahh só pq eu gosto do trovadorismo mesmo.

segunda-feira, outubro 02, 2006

Pássaros na janela/Tereza




Eles sempre estiveram lá
eu não ouvia.
A calmaria nunca fez parte de mim,
Até acontecer o despertamento
Você tem parte nisso.
Hoje eles cantam na minha janela
Eu os ouço e assim também acontece com o cicio suave.


Caso pluvioso

A chuva me irritava. Até que um dia
descobri que Maria é que chovia.
A chuva era Maria.E cada pingo
de Maria ensopava o meu domingo.
E meus ossos molhando, me deixava
como terra que a chuva lavra e lava.
Eu era todo barro, sem verdura...
Maria, chuvosíssima criatura!
Ela chovia em mim, em cada gesto,
pensamento, desejo, sono, e o resto.
Era chuva fininha e chuva grossa,
matinal e noturna, ativa...Nossa!
Não me chovas, Maria, mais que o justo
chuvisco de um momento, apenas susto.
Não me inundes de teu líquido plasma,
não sejas tão aquático fantasma!
Eu lhe dizia em vão - pois que Maria
quanto mais eu rogava, mais chovia.
E chuveirando atroz em meu caminho,
o deixava banhado em triste vinho,
que não aquece, pois água de chuva
mosto é de cinza, não de boa uva.
Chuvadeira Maria, chuvadonha,
chuvinhenta, chuvil, pluvimedonha!
Eu lhe gritava: Pára! e ela chovendo,
poças dágua gelada ia tecendo.
Choveu tanto Maria em minha casa
que a correnteza forte criou asa
e um rio se formou, ou mar, não sei,
sei apenas que nele me afundei.
E quanto mais as ondas me levavam,
as fontes de Maria mais chuvavam,
de sorte que com pouco, e sem recurso,
as coisas se lançaram no seu curso,
e eis o mundo molhado e sovertido
sob aquele sinistro e atro chuvido.
Os seres mais estranhos se juntando
na mesma aquosa pasta iam clamando
contra essa chuva estúpida e mortal
catarata (jamais houve outra igual).
Anti-petendam cânticos se ouviram.
Que nada! As cordas d'água mais deliram,
e Maria, torneira desatada,
mais se dilata em sua chuvarada.
Os navios soçobram. Continentes
já submergem com todos os viventes,
e Maria chovendo. Eis que a essa altura,
delida e fluida a humana enfibratura,
e a terra não sofrendo tal chuvência,
comoveu-se a Divina Providência,
e Deus, piedoso e enérgico, bradou:
Não chove mais, Maria! - e ela parou.

(Carlos Drummond de Andrade)

sábado, setembro 30, 2006

riso

o sorriso sempre fora sua marca
era o que esperavam dela
ela sorria
só ria

sexta-feira, setembro 29, 2006

elas

Eu tenho uma facilidade muito grande em me relacionar com as pessoas, eu sou assim "dada" rss. Especialmente falando eu me dou muito bem com os adolescentes ( não, pra mim não são aborrecentes, rs) e com os jovens em geral, sei lá o que é, falo a linguagem deles, consigo ouvi-los, sem ser muito careta ou moralista, isso não quer dizer que seja liberal, porque não sou, mas rola uma relação legal. Isto onde eu vou, aqui neste mundo virtual não é diferente, tenho duas amigas muito queridas Ju e Ana Clara, elas são simplesmente demais, a muito tempo quero registrar aqui, meu amor pôr elas, e dizer que eu sou uma pessoa muito melhor depois que as conheci. Vocês são lindas, eu as amo.

plagio

Oi.
Resolvi plagiar o blog do meu querido amigo Vicente, que pôr vezes pega emprestado as palavras de algum outro amigo pra enfeitar o dele, prestando assim uma linda homenagem, um brinde a amizade e ao que é belo.
Hoje é minha vez de deixar doces, este trazido da melhor doceria que já conheci.

UMA DEFINIÇÃO

Não adianta nem tentar fingir
Porque eu percebi.
Existe, sim, algo que me fascina em você
São os efeitos do que realiza em mim.
Das coisas mais óbvias
Como a mudança no estilo das roupas
Às mais complexas,
Como o direcionar de pensamentos,
Gestos, atitudes e sentimentos.
Seu sangue brinca em minha veia
Assim como seus olhos emprestam-me
A minha visão e o meu equilíbrio.
Você circula na minha corrente sanguínea
Por isso ando me sentindo mais solto.
Parece pobre essa definição,
Mas não tentarei outra melhor.
Melhor não..

Vicente Siqueira

Obrigada por partilhar comigo suas palavras.
Lindo dia.
Muitos, muitos beijos.

quinta-feira, setembro 28, 2006

Sem post

Oi
Hoje não tem post, fique sem net o dia todo, não consegui atualizar nem visitar.
Só agora as 17: 00 , que voltou ao normal, então visitas e post , só amanhã.
Até , muitos beijos.

quarta-feira, setembro 27, 2006

...

Quero mergulhar no teu corpo,
conhecer cada pedaço dele.
Deliciar-me com teu toque.
Saciar os desejos do meu corpo no teu,
estremeço só em ouvir tua voz.
Faltam-me palavras e foge-me a razão.
Desejo abrasado e contido.
Quanto tempo mais resistiremos?


Lindo dia.
Muitos beijos.




Só de sacanagem - Elisa Lucinda

Meu coração está aos pulos!
Quantas vezes minha esperança será posta à prova?
Por quantas provas terá ela que passar? Tudo isso que está aí no ar, malas, cuecas que voam entupidas de dinheiro, do meu, do nosso dinheiro que reservamos duramente para educar os meninos mais pobres que nós, para cuidar gratuitamente da saúde deles e dos seus pais, esse dinheiro viaja na bagagem da impunidade e eu não posso mais.
Quantas vezes, meu amigo, meu rapaz, minha confiança vai ser posta à prova?
Quantas vezes minha esperança vai esperar no cais?
É certo que tempos difíceis existem para aperfeiçoar o aprendiz, mas não é certo que a mentira dos maus brasileiros venha quebrar no nosso nariz.
Meu coração está no escuro, a luz é simples, regada ao conselho simples de meu pai, minha mãe, minha avó e os justos que os precederam: "Não roubarás", "Devolva o lápis do coleguinha", "Esse apontador não é seu, minha filha". Ao invés disso, tanta coisa nojenta e torpe tenho tido que escutar.
Até habeas corpus preventivo, coisa da qual nunca tinha visto falar e sobre a qual minha pobre lógica ainda insiste: esse é o tipo de benefício que só ao culpado interessará. Pois bem, se mexeram comigo, com a velha e fiel fé do meu povo sofrido, então agora eu vou sacanear: mais honesta ainda vou ficar.
Só de sacanagem! Dirão: "Deixa de ser boba, desde Cabral que aqui todo mundo rouba" e vou dizer: "Não importa, será esse o meu carnaval, vou confiar mais e outra vez. Eu, meu irmão, meu filho e meus amigos, vamos pagar limpo a quem a gente deve e receber limpo do nosso freguês. Com o tempo a gente consegue ser livre, ético e o escambau."
Dirão: "É inútil, todo o mundo aqui é corrupto, desde o primeiro homem que veio de Portugal". Eu direi: Não admito, minha esperança é imortal. Eu repito, ouviram? Imortal! Sei que não dá para mudar o começo mas, se a gente quiser, vai dar para mudar o final!

Demais não?
Agora sim.
Beijos

terça-feira, setembro 26, 2006

Ella de Bella

A quanto tempo não falo sobre Ella.
Minha princesa, minha bonequinha de luxo.
Sempre indagando sobre as girafas, apaixonada pelos cavalos,vai ser médica de cavalos.
Foi fada por muito tempo, tudo nela tinha que ter brilho,o cabelo, a pele, as roupas.
Mas de tanto esperar as asas cresceram, cansou.
Hoje é uma sereia, tem certeza disso,quer saber quando seus pés virarão cauda.
Adora o mar, tudo que há no mar, sente cheiro de mar em todo lugar,ouve o barulho das ondas
E fica brava porque ninguém mais ouve.
Ama música, presta atenção a detalhes musicais,associa música às pessoas e a lugares que passou.
Chorona, brava e faladeira, adora dançar.
Ama livros e histórias. Jamais passa por uma livraria sem trazer consigo um novo exemplar.
Bagunceira, vaidosa, coleciona bolsas, viciada em chupeta.
Reconheçe quase tudo só pelo cheiro.
Diz ficar triste quando anoitece.
Já disse estar apaixonada por um colega de sala , porque a voz dele é linda, mas é segredo tá! Pode?
Querida você é o bem mais precioso que eu tenho.
Louvo a Deus todos os dias pela sua vida e pelo privilégio de estar ao teu lado, você é muito especial, eu te amo, te amo, te amo.

Aos olhos do pai
(D.T.)

Aos olhos do Pai você é uma obra prima
que Ele planejou
com Suas próprias mãos pintou A cor de sua pele,
os seus cabelos desenhou Cada detalhe num toque de amor
Você é linda demais, perfeita aos olhos do Pai
Alguém igual a você não ví jamais
Princesa linda demais, perfeita aos olhos do Pai
Alguém igual a você não ví jamais .

Pra você minha Bella Isabella.





Esquisitices

Me passaram a tarefa de falar algumas esquisitices minhas,
e fiquei pensando , não tenho muitas , eu sou praticamente normal,
de longe é claro, rss
Vamos lá: A pior delas com certeza
. eu uso meias, o tempo todo, não durmo sem meia de jeito nenhum,
se tento chego a ficar com insônia, uso até em noite de verão, ai que vergonha;
. Não como coisas brancas, maionese, maria-mole, clara de ovo, creme de leite;
. Leio muita coisa ao mesmo tempo.
Acho que é isso, rssss
Será que ainda tenho cura?

Muitos beijos
Lindo dia.

domingo, setembro 24, 2006

Lembrando dele






Tinha idade de menina, mas corpo de mulher
Nunca se dera conta disso até usar o macacão branco.
Depois deste dia tudo mudará, os olhares , seus olhares
Não fazia de propósito mas tornara-se irresistível.
Um corpo lindamente desenhado, sob do macacão branco
O fascínio tomou conta dele, o desejo, a volúpia
Ela fingia se entregar , se deixava acarinhar ,
acendia um fogo que não podia apagar,
e então com tremenda dificuldade
conseguiram que a fogueira adormecesse
a vida seguiu...
mas eles jamais esqueceram o macacão branco.

sexta-feira, setembro 22, 2006

Dança



Dançar para:

ver o tempo passar

provocar

acalmar

extravasar

louvar

me alinhar

bagunçar

calar

viajar

alegrar

para enfim me entregar.




Ciene é teu aniversário, pra você o melhor que Ele possa te dar.

Eu te amo muito.

Beijos.


quinta-feira, setembro 21, 2006

Sobre ele e ela

Aproveitando o último post e um doce comentário, volto a falar sobre amor e amizade, eu sou mesmo uma pessoa muito abençoada, nem sei porque,só Deus mesmo pra explicar este privilégio que eu desfruto, estou rodeada de gente bonita, de nível; tudo isso falando no sentido mais amplo das palavras, falo de gente da melhor qualidade,nesta lista com certeza há muitos nomes, mas hoje vou falar de você, minha amiga querida, irmã de coração,que em três anos de amizade me ensinou mais do que eu aprendi a vida inteira. Mulher íntegra, honesta, sincera, dedicada, linda e sensual, discreta, inteligente.
Se tivesse que te dar um nome ou te descrever numa única palavra com certeza seria:Perseverança.
Esta é você minha doce irmã, exemplo de que quando se quer mesmo muito uma coisa, lutando, a gente consegue. Como te admiro por isso.
Você que mesmo quando esteve ausente, ainda sim se fazia presente na minha vida, em lembranças .
Sei que nem tudo é fácil no nosso relacionamento, temos nossas divergências, nos estranhamos às vezes, mas isso tudo também tem contribuído pra nosso crescimento, e como crescemos, não foi querida?
E devemos parte disso uma a outra com certeza.
Remexendo baus, achei este email Maravilhoso que vc me mandou a pouco mais de dois anos,no auge de um problema meu que parecia não ter fim,que eu não sobreviveria a ele, e você com paciência e amor, (algumas broncas tb rs) me fez ver que tudo acabaria bem, que eu seria capaz de dar a volta por cima, vou publicá-lo aqui pra que todos consigam entender um pouco sobre nossa história.

"Oi querida irmã....

Louvado seja Deus....bem vinda ao mundo real minha irmã....e
que mais posso dizer? que está nascendo aqui uma nova Déia,
mais forte, mais consciente, mais corajosa....esse é o
caminho....DEUS....e nós (suas amigas) somos seu corrimão,
pra que vc possa se apoiar toda vez que se sentir fraca....

Coragem minha irmã, força, fé, paciência....

Voce tem sido uma surpresa agradável e um exemplo
(acredite!!! exemplo sim) pra mim a cada dia....tem me
ensinado muito com suas palavras e seu sofrimento....me sinto
em débito com vc por todo esse amor, esse carinho que tem
comigo.....e olha que sou FODA!!!

Estou sim Déia....orgulhosa de voce em todos os sentidos....e
não preciso dizer que estou com voce hoje, amanhã e todos os
dias da sua vida né?! NUNCA VOU DEIXAR VC EM PAZ!!! Portanto,
pode contar com sua irmãzinha doidinha aqui a todo momento ok?

Mil beijos cheios e esperança e amor....aquele amor que só
voce merece, aquele amor que tem toda a minha admiração e
confiança, aquele que voce mesma me ensinou a ter....no
momento em que me ensinou a ser uma pessoa melhor....

Te amo muito e vc sabe o quanto....

Beijos,
Beijos,
Beijos,
BEijos,
Beijos....

Não é demais???
O que mais posso falar sobre você e sobre nossa amizade?
Obrigada.
CRIS eu te amo.
Lindo dia , muitos beijos

quarta-feira, setembro 20, 2006

Amei





Se há algo na minha vida que eu não mudaria
foi a intensidade com que amei
Amei de corpo e alma
Amei com toda minha força
Amei da melhor forma que pude
Não, realmente não mudaria isso
Sei o que me move e me impulsiona : o amor.
O verbo Amar é bom em qualquer pessoa.





Aproveitando que estou falando em amor, quero falar da Elizete , uma super mulher, com garra, determinação e poder de superação incrível, uma pessoa tão especial, uma amiga tão querida.Ela me conhece como poucos, me entende nas entrelinhas, adivinha minhas frases e meus pensamentos, conheçe meus mais íntimos sonhos, desejos e também meus piores medos e defeitos; rimos , choramos e oramos juntas .
Você é demais amiga.
Eu te amo.



Rapidinhas


  • hoje volto com pedreiro em casa , na verdade um encanador, começa o estresse novamente rsssss;
  • voltei a pintar, estou flutuando;
  • as crianças estão amando fazer terapia;
  • estou a uma semana sem ter enxaqueca, este é meu recorde.

Beijos a todos, muitos beijos.

terça-feira, setembro 19, 2006

Manhã em verbos

despertar
agradecer
arrumar
despachar
buscar
caminhar
louvar
ler
escrever
preparar
sorrir
interceder
ouvir
receber
sorrir

Beijos
"Quer pouco: terás tudo.Quer nada: serás livre."Ricardo Reis

segunda-feira, setembro 18, 2006

Findi

Oi
O fim-de-semana foi maravilhoso, muita diversão, passeio, cineminha, pipoca, festinha infantil, igreja. Tudo do jeito que eu gosto .
Eu adoro viver em família.
Hoje não sei se consigo fazer minhas visitinhas, talvez só no fim da tarde, até lá....
Muitos beijos e um cheiro
*
*
*
*
A doce Tati, me fez lembrar de um livro maravilhoso que tenho e nem sabia mais "Lira do Vinte Anos" - Álvares de Azevedo e ele esta cada dia mais delicioso, perfeito.

Eu nada lhe pedi - ousei apenas
Junto dela - à noitinha
Nos meus delírios apertar tremendo
A sua mão na minha!

Adeus, pobre mulher! no meu silêncio
Sinto que morrerei ...
Se rias desse amor que te votava.
Deus sabe se te amei!

Se te amei! se minha alma só queria
Pela tua viver,
No silêncio do amor e da ventura
Nos teus lábios morrer!

sábado, setembro 16, 2006

Perfeito

Tem pena, anjo de Deus! deixa que eu sinta
Num beijo esta minh'alma enlouquecer
E que eu viva de amor nos teus joelhos,
E morra no teu seio o meu viver!
(Álvares de Azevedo)
beijos

sexta-feira, setembro 15, 2006

Delícia

Oi.
Hoje é sexta-feira e eu amo as sextas-feiras.
Acho um dia lindo e a noite então nem se fala.
Bom pra passear, se divertir, beber água de coco, ouvir música alta no carro, vidros aberto, sentindo a brisa refrescar o rosto, ficar literalmente com a cabeça fria.
Namorar, se não alguém, a vida.
Que é boa demais.
Namorar a lua, ela é linda.
Aproveitar com calma quem está ao seu lado, rir, brincar e sobretudo amar.
Linda sexta-feira.
Beijos




Tudo era apenas uma brincadeira e foi crescendo e crescendo .......(Peninha)

quinta-feira, setembro 14, 2006

Morte a pior piada

Assisti a algumas imagens do velório do Bussunda, quando os colegas do Casseta & Planeta deram seus depoimentos. Parecia que a qualquer instante iria estourar uma piada. Estava tudo sério demais, faltava a esculhambação, a zombaria, a desestruturação da cena. Mas nada acontecia ali de risível, era só dor e a perplexidade, que é mesmo o que causa em todos os que ficam. A verdade é que não havia nada a acrescentar no roteiro: a morte, por si só, é uma piada pronta. Morrer é ridículo. Você combinou de jantar com a namorada, está em pleno tratamento dentário, tem planos pra semana que vem, precisa autenticar um documento em cartório, colocar gasolina no carro e no meio da tarde morre. Como assim? E os e-mails que você ainda não abriu o livro que ficou pela metade, o telefonema que você prometeu dar à tardinha para um cliente? Não sei de onde tiraram esta idéia: morrer. A troco? Você passou mais de 10 anos da sua vida dentro de um colégio estudando fórmulas químicas que não serviriam pra nada, mas se manteve lá, fez as provas, foi em frente. Praticou muita educação física, quase perdeu o fôlego, mas não desistiu. Passou madrugadas sem dormir para estudar pro vestibular mesmo sem ter certeza do que gostaria de fazer da vida, cheio de dúvidas quanto à profissão escolhida, mas era hora de decidir, então decidiu, e mais uma vez foi em frente... De uma hora pra outra, tudo isso termina numa colisão na freeway, numa artéria entupida, num disparo feito por um delinqüente que gostou do seu tênis. Qual é? Morrer é um chiste. Obriga você a sair no melhor da festa sem se despedir de ninguém, sem ter dançado com a garota mais linda, sem ter tido tempo de ouvir outra vez sua música preferida. Você deixou em casa suas camisas penduradas nos cabides, sua toalha úmida no varal, e penduradas também algumas contas. Os outros vão ser obrigados a arrumar suas tralhas, a mexer nas suas gavetas, a apagar as pistas que você deixou durante uma vida inteira. Logo você, que sempre dizia: das minhas coisas cuido eu. Que pegadinha macabra: você sai sem tomar café e talvez não almoce, caminha por uma rua e talvez não chegue na próxima esquina, começa a falar e talvez não conclua o que pretende dizer. Não faz exames médicos, fuma dois maços por dia, bebe de tudo, curte costelas gordas e mulheres magras e morre num sábado de manhã. Se faz check-up regulares e não tem vícios, morre do mesmo jeito. Isso é para ser levado a sério? Tendo mais de cem anos de idade, vá lá, o sono eterno pode ser bem-vindo. Já não há mesmo muito a fazer, o corpo não acompanha a mente, e a mente também já rateia, sem falar que há quase nada guardado nas gavetas. Ok, hora de descansar em paz. Mas antes de viver tudo? Morrer cedo é uma transgressão, desfaz a ordem natural das coisas. Morrer é um exagero. E, como se sabe, o exagero é a matéria-prima das piadas. Só que esta não tem graça. Por isso viva tudo que há para viver. Não se apegue as coisas pequenas e inúteis da Vida... Perdoe... Sempre!!!
Pedro Bial

*
*
*
*
lindo dia cheio de vida

quarta-feira, setembro 13, 2006

Pra saber









"... meu amor

eu te decorei num só olhar..."

(A.B.)

*

*

*

*












Beijos e lindo dia.


terça-feira, setembro 12, 2006

Agora sim!

Olá meus amigos.
Agora sim um blog com minha cara, rsss.
Não ficou perfeito?
Eu amei, muito.
Obrigada Val, parabéns.
Beijos .
Bom dia.

domingo, setembro 10, 2006

Sem net

Oi

Amigos, fiquei sem net, desde quarta-feira, por isso dei uma sumidinha.
Assim que me organizar novamente eu ponho minhas visitas e venho postar também.
Uma linda semana pra todos.
Muitos beijos

terça-feira, setembro 05, 2006

Malas cheias de dinheiro


Voltei,segunda postagem num dia só ninguém vai me aguentar, rss.

Foi lendo o post da Luma(novamente na listinha),que falava que o dinheiro não compra a saúde,(ele compra bons tratamentos)e concordo plenamente com ela,eu me lembrei de algo que ouvi a alguns dias ,vou tentar recordar; intitulado:

Malas cheias de dinheiro

Malas cheias de dinheiro compram muita gente em volta mas não compram amigos.
Malas cheias de dinheiro compram lindas casas, mansões mas não compram um lar.
Compram dentes de porcelana, horários de dentistas sofisticados mas não compram um sorriso sincero.
Compram companhia mas não compram o amor.
Compram viagens maravilhosas mas não compram a saudade.
Compram muito movimento em volta da gente mas não a solidão.
Compram opinião mas não sinceridade.
Compram relógios caríssimos mas não momentos felizes.
Compram BMW, Mercedes, lanchas, aviões mas não compram dentro deles a companhia ideal que vc sempre quis.
Compram aplausos , muitos aplausos mas não o reconhecimento sincero.
Compram abraços mas não o calor humano.
Compram a fama mas não a alegria.
Compram diploma mas não capacidade.
Compram viagens caras, só não compram a vontade de ir.
Compram coisas bonitas de fora para dentro mas não compra a verdadeira beleza , de dentro pra fora.
Malas cheias de dinheiro desprezam pastéis de feira, e olha que eles são uma delícia.
Malas cheias de dinheiro não gostam das coisas simples e as coisas simples são boas demais.

Tirado de um editorial do meu "amigão" Pr. Paulo Lutero de Mello.
Beijos
OBS: já perceberam que eu não sei como colocar o link da pessoa a quem estou me referindo,fazer o que?
 
//