Seguidores

terça-feira, julho 18, 2006

Justificando

Olá
Nem sei mais o que dizer pra justificar o meu sumiço, já tá parecendo desculpa né?
Mas eu juro que não é, eu ganhei um monitor novo, ele é lindão, perfeito, não consegui usar nem dois dias e tive problemas com o plano que pago da speedy, aí fiquei fora mais uns dias, quando eu decido mudar o plano pra voltar a ter acesso, simplesmente fico sem net novamente, isto tem mais de uma semana, a speedy não sabe o que é, a princípio falou que o modem estava queimado , troquei, e nada, o Terra diz que não é com eles, a Telefôncia já agendou outra visita de um técnico pra ver o que é desta vez, e eu estou agora numa lan house, tentando deixar aqui minha explicação.
To quase achando que é uma praga, ou trabalho feito, kkkkkkkkkkkkk
Estou com saudades de todos e sei que muito defasada com as visitas e com os "causos" de cada um, mas qualquer hora desta eu volto , e me atualizo.
Queria falar sobre algumas coisas , na verdade quero falar sobre amizade.
Em outubro de 2003 , eu estava com alguns problemas e procurando alguma informação na net eu cheguei a um grupo virtual de ajuda, e me meti de cabeça, e foi realmente muito bom, eu aprendi a me conhecer mais, conheci sobre minha doença, como lidar com ela, e principalmente conheci muita gente parecida comigo, outras muito diferentes, fiz muito contato, troca de experiência, fiz amigas, boas amigas, com quem eu aprendi muitas coisas, mas como sempre há alguém que nos toca de forma especial, e foi assim com esta amiga, que a cada dia se tornava mais e mais importante pra minha vida, pra minha abstinência, pra meu conhecimento pessoal, pra meu aprendizado da vida como um todo.
Esta garota, uma grande mulher ,esteve ao meu lado nos momentos mais difíceis que passei na minha vida, me apoiando, me segurando as mãos, secando minhas lágrimas, me dando broncas quando eu precisava, mas sempre ao meu lado.
O que nos uniu foi algo tão forte que mesmo as muitas dificuldades que enfrentamos uma com a outra, algumas desavenças, desentendimentos, este sentimento falou mais alto, e nós retomamos nossa contato a alguns meses, e como sempre; tem sido maravilhoso.
Tenho certeza que o que nos uniu só pode ter um nome :Amor.
Eu a amo do fundo do meu coração, e tenho certeza do seu amor por mim.
É como ela sempre diz, que os irmãos sempre se desentendem , mas que nunca deixam de se amar, e conosco não foi diferente.
E hoje senti uma imensa vontade de gritar:
- Cris eu te amo.
Obrigada por me perdoar.
Muitos beijos

Nenhum comentário:

 
//