Seguidores

domingo, setembro 24, 2006

Lembrando dele






Tinha idade de menina, mas corpo de mulher
Nunca se dera conta disso até usar o macacão branco.
Depois deste dia tudo mudará, os olhares , seus olhares
Não fazia de propósito mas tornara-se irresistível.
Um corpo lindamente desenhado, sob do macacão branco
O fascínio tomou conta dele, o desejo, a volúpia
Ela fingia se entregar , se deixava acarinhar ,
acendia um fogo que não podia apagar,
e então com tremenda dificuldade
conseguiram que a fogueira adormecesse
a vida seguiu...
mas eles jamais esqueceram o macacão branco.

Nenhum comentário:

 
//