Seguidores

sábado, setembro 30, 2006

riso

o sorriso sempre fora sua marca
era o que esperavam dela
ela sorria
só ria

sexta-feira, setembro 29, 2006

elas

Eu tenho uma facilidade muito grande em me relacionar com as pessoas, eu sou assim "dada" rss. Especialmente falando eu me dou muito bem com os adolescentes ( não, pra mim não são aborrecentes, rs) e com os jovens em geral, sei lá o que é, falo a linguagem deles, consigo ouvi-los, sem ser muito careta ou moralista, isso não quer dizer que seja liberal, porque não sou, mas rola uma relação legal. Isto onde eu vou, aqui neste mundo virtual não é diferente, tenho duas amigas muito queridas Ju e Ana Clara, elas são simplesmente demais, a muito tempo quero registrar aqui, meu amor pôr elas, e dizer que eu sou uma pessoa muito melhor depois que as conheci. Vocês são lindas, eu as amo.

plagio

Oi.
Resolvi plagiar o blog do meu querido amigo Vicente, que pôr vezes pega emprestado as palavras de algum outro amigo pra enfeitar o dele, prestando assim uma linda homenagem, um brinde a amizade e ao que é belo.
Hoje é minha vez de deixar doces, este trazido da melhor doceria que já conheci.

UMA DEFINIÇÃO

Não adianta nem tentar fingir
Porque eu percebi.
Existe, sim, algo que me fascina em você
São os efeitos do que realiza em mim.
Das coisas mais óbvias
Como a mudança no estilo das roupas
Às mais complexas,
Como o direcionar de pensamentos,
Gestos, atitudes e sentimentos.
Seu sangue brinca em minha veia
Assim como seus olhos emprestam-me
A minha visão e o meu equilíbrio.
Você circula na minha corrente sanguínea
Por isso ando me sentindo mais solto.
Parece pobre essa definição,
Mas não tentarei outra melhor.
Melhor não..

Vicente Siqueira

Obrigada por partilhar comigo suas palavras.
Lindo dia.
Muitos, muitos beijos.

quinta-feira, setembro 28, 2006

Sem post

Oi
Hoje não tem post, fique sem net o dia todo, não consegui atualizar nem visitar.
Só agora as 17: 00 , que voltou ao normal, então visitas e post , só amanhã.
Até , muitos beijos.

quarta-feira, setembro 27, 2006

...

Quero mergulhar no teu corpo,
conhecer cada pedaço dele.
Deliciar-me com teu toque.
Saciar os desejos do meu corpo no teu,
estremeço só em ouvir tua voz.
Faltam-me palavras e foge-me a razão.
Desejo abrasado e contido.
Quanto tempo mais resistiremos?


Lindo dia.
Muitos beijos.




Só de sacanagem - Elisa Lucinda

Meu coração está aos pulos!
Quantas vezes minha esperança será posta à prova?
Por quantas provas terá ela que passar? Tudo isso que está aí no ar, malas, cuecas que voam entupidas de dinheiro, do meu, do nosso dinheiro que reservamos duramente para educar os meninos mais pobres que nós, para cuidar gratuitamente da saúde deles e dos seus pais, esse dinheiro viaja na bagagem da impunidade e eu não posso mais.
Quantas vezes, meu amigo, meu rapaz, minha confiança vai ser posta à prova?
Quantas vezes minha esperança vai esperar no cais?
É certo que tempos difíceis existem para aperfeiçoar o aprendiz, mas não é certo que a mentira dos maus brasileiros venha quebrar no nosso nariz.
Meu coração está no escuro, a luz é simples, regada ao conselho simples de meu pai, minha mãe, minha avó e os justos que os precederam: "Não roubarás", "Devolva o lápis do coleguinha", "Esse apontador não é seu, minha filha". Ao invés disso, tanta coisa nojenta e torpe tenho tido que escutar.
Até habeas corpus preventivo, coisa da qual nunca tinha visto falar e sobre a qual minha pobre lógica ainda insiste: esse é o tipo de benefício que só ao culpado interessará. Pois bem, se mexeram comigo, com a velha e fiel fé do meu povo sofrido, então agora eu vou sacanear: mais honesta ainda vou ficar.
Só de sacanagem! Dirão: "Deixa de ser boba, desde Cabral que aqui todo mundo rouba" e vou dizer: "Não importa, será esse o meu carnaval, vou confiar mais e outra vez. Eu, meu irmão, meu filho e meus amigos, vamos pagar limpo a quem a gente deve e receber limpo do nosso freguês. Com o tempo a gente consegue ser livre, ético e o escambau."
Dirão: "É inútil, todo o mundo aqui é corrupto, desde o primeiro homem que veio de Portugal". Eu direi: Não admito, minha esperança é imortal. Eu repito, ouviram? Imortal! Sei que não dá para mudar o começo mas, se a gente quiser, vai dar para mudar o final!

Demais não?
Agora sim.
Beijos

terça-feira, setembro 26, 2006

Ella de Bella

A quanto tempo não falo sobre Ella.
Minha princesa, minha bonequinha de luxo.
Sempre indagando sobre as girafas, apaixonada pelos cavalos,vai ser médica de cavalos.
Foi fada por muito tempo, tudo nela tinha que ter brilho,o cabelo, a pele, as roupas.
Mas de tanto esperar as asas cresceram, cansou.
Hoje é uma sereia, tem certeza disso,quer saber quando seus pés virarão cauda.
Adora o mar, tudo que há no mar, sente cheiro de mar em todo lugar,ouve o barulho das ondas
E fica brava porque ninguém mais ouve.
Ama música, presta atenção a detalhes musicais,associa música às pessoas e a lugares que passou.
Chorona, brava e faladeira, adora dançar.
Ama livros e histórias. Jamais passa por uma livraria sem trazer consigo um novo exemplar.
Bagunceira, vaidosa, coleciona bolsas, viciada em chupeta.
Reconheçe quase tudo só pelo cheiro.
Diz ficar triste quando anoitece.
Já disse estar apaixonada por um colega de sala , porque a voz dele é linda, mas é segredo tá! Pode?
Querida você é o bem mais precioso que eu tenho.
Louvo a Deus todos os dias pela sua vida e pelo privilégio de estar ao teu lado, você é muito especial, eu te amo, te amo, te amo.

Aos olhos do pai
(D.T.)

Aos olhos do Pai você é uma obra prima
que Ele planejou
com Suas próprias mãos pintou A cor de sua pele,
os seus cabelos desenhou Cada detalhe num toque de amor
Você é linda demais, perfeita aos olhos do Pai
Alguém igual a você não ví jamais
Princesa linda demais, perfeita aos olhos do Pai
Alguém igual a você não ví jamais .

Pra você minha Bella Isabella.





Esquisitices

Me passaram a tarefa de falar algumas esquisitices minhas,
e fiquei pensando , não tenho muitas , eu sou praticamente normal,
de longe é claro, rss
Vamos lá: A pior delas com certeza
. eu uso meias, o tempo todo, não durmo sem meia de jeito nenhum,
se tento chego a ficar com insônia, uso até em noite de verão, ai que vergonha;
. Não como coisas brancas, maionese, maria-mole, clara de ovo, creme de leite;
. Leio muita coisa ao mesmo tempo.
Acho que é isso, rssss
Será que ainda tenho cura?

Muitos beijos
Lindo dia.

domingo, setembro 24, 2006

Lembrando dele






Tinha idade de menina, mas corpo de mulher
Nunca se dera conta disso até usar o macacão branco.
Depois deste dia tudo mudará, os olhares , seus olhares
Não fazia de propósito mas tornara-se irresistível.
Um corpo lindamente desenhado, sob do macacão branco
O fascínio tomou conta dele, o desejo, a volúpia
Ela fingia se entregar , se deixava acarinhar ,
acendia um fogo que não podia apagar,
e então com tremenda dificuldade
conseguiram que a fogueira adormecesse
a vida seguiu...
mas eles jamais esqueceram o macacão branco.

sexta-feira, setembro 22, 2006

Dança



Dançar para:

ver o tempo passar

provocar

acalmar

extravasar

louvar

me alinhar

bagunçar

calar

viajar

alegrar

para enfim me entregar.




Ciene é teu aniversário, pra você o melhor que Ele possa te dar.

Eu te amo muito.

Beijos.


quinta-feira, setembro 21, 2006

Sobre ele e ela

Aproveitando o último post e um doce comentário, volto a falar sobre amor e amizade, eu sou mesmo uma pessoa muito abençoada, nem sei porque,só Deus mesmo pra explicar este privilégio que eu desfruto, estou rodeada de gente bonita, de nível; tudo isso falando no sentido mais amplo das palavras, falo de gente da melhor qualidade,nesta lista com certeza há muitos nomes, mas hoje vou falar de você, minha amiga querida, irmã de coração,que em três anos de amizade me ensinou mais do que eu aprendi a vida inteira. Mulher íntegra, honesta, sincera, dedicada, linda e sensual, discreta, inteligente.
Se tivesse que te dar um nome ou te descrever numa única palavra com certeza seria:Perseverança.
Esta é você minha doce irmã, exemplo de que quando se quer mesmo muito uma coisa, lutando, a gente consegue. Como te admiro por isso.
Você que mesmo quando esteve ausente, ainda sim se fazia presente na minha vida, em lembranças .
Sei que nem tudo é fácil no nosso relacionamento, temos nossas divergências, nos estranhamos às vezes, mas isso tudo também tem contribuído pra nosso crescimento, e como crescemos, não foi querida?
E devemos parte disso uma a outra com certeza.
Remexendo baus, achei este email Maravilhoso que vc me mandou a pouco mais de dois anos,no auge de um problema meu que parecia não ter fim,que eu não sobreviveria a ele, e você com paciência e amor, (algumas broncas tb rs) me fez ver que tudo acabaria bem, que eu seria capaz de dar a volta por cima, vou publicá-lo aqui pra que todos consigam entender um pouco sobre nossa história.

"Oi querida irmã....

Louvado seja Deus....bem vinda ao mundo real minha irmã....e
que mais posso dizer? que está nascendo aqui uma nova Déia,
mais forte, mais consciente, mais corajosa....esse é o
caminho....DEUS....e nós (suas amigas) somos seu corrimão,
pra que vc possa se apoiar toda vez que se sentir fraca....

Coragem minha irmã, força, fé, paciência....

Voce tem sido uma surpresa agradável e um exemplo
(acredite!!! exemplo sim) pra mim a cada dia....tem me
ensinado muito com suas palavras e seu sofrimento....me sinto
em débito com vc por todo esse amor, esse carinho que tem
comigo.....e olha que sou FODA!!!

Estou sim Déia....orgulhosa de voce em todos os sentidos....e
não preciso dizer que estou com voce hoje, amanhã e todos os
dias da sua vida né?! NUNCA VOU DEIXAR VC EM PAZ!!! Portanto,
pode contar com sua irmãzinha doidinha aqui a todo momento ok?

Mil beijos cheios e esperança e amor....aquele amor que só
voce merece, aquele amor que tem toda a minha admiração e
confiança, aquele que voce mesma me ensinou a ter....no
momento em que me ensinou a ser uma pessoa melhor....

Te amo muito e vc sabe o quanto....

Beijos,
Beijos,
Beijos,
BEijos,
Beijos....

Não é demais???
O que mais posso falar sobre você e sobre nossa amizade?
Obrigada.
CRIS eu te amo.
Lindo dia , muitos beijos

quarta-feira, setembro 20, 2006

Amei





Se há algo na minha vida que eu não mudaria
foi a intensidade com que amei
Amei de corpo e alma
Amei com toda minha força
Amei da melhor forma que pude
Não, realmente não mudaria isso
Sei o que me move e me impulsiona : o amor.
O verbo Amar é bom em qualquer pessoa.





Aproveitando que estou falando em amor, quero falar da Elizete , uma super mulher, com garra, determinação e poder de superação incrível, uma pessoa tão especial, uma amiga tão querida.Ela me conhece como poucos, me entende nas entrelinhas, adivinha minhas frases e meus pensamentos, conheçe meus mais íntimos sonhos, desejos e também meus piores medos e defeitos; rimos , choramos e oramos juntas .
Você é demais amiga.
Eu te amo.



Rapidinhas


  • hoje volto com pedreiro em casa , na verdade um encanador, começa o estresse novamente rsssss;
  • voltei a pintar, estou flutuando;
  • as crianças estão amando fazer terapia;
  • estou a uma semana sem ter enxaqueca, este é meu recorde.

Beijos a todos, muitos beijos.

terça-feira, setembro 19, 2006

Manhã em verbos

despertar
agradecer
arrumar
despachar
buscar
caminhar
louvar
ler
escrever
preparar
sorrir
interceder
ouvir
receber
sorrir

Beijos
"Quer pouco: terás tudo.Quer nada: serás livre."Ricardo Reis

segunda-feira, setembro 18, 2006

Findi

Oi
O fim-de-semana foi maravilhoso, muita diversão, passeio, cineminha, pipoca, festinha infantil, igreja. Tudo do jeito que eu gosto .
Eu adoro viver em família.
Hoje não sei se consigo fazer minhas visitinhas, talvez só no fim da tarde, até lá....
Muitos beijos e um cheiro
*
*
*
*
A doce Tati, me fez lembrar de um livro maravilhoso que tenho e nem sabia mais "Lira do Vinte Anos" - Álvares de Azevedo e ele esta cada dia mais delicioso, perfeito.

Eu nada lhe pedi - ousei apenas
Junto dela - à noitinha
Nos meus delírios apertar tremendo
A sua mão na minha!

Adeus, pobre mulher! no meu silêncio
Sinto que morrerei ...
Se rias desse amor que te votava.
Deus sabe se te amei!

Se te amei! se minha alma só queria
Pela tua viver,
No silêncio do amor e da ventura
Nos teus lábios morrer!

sábado, setembro 16, 2006

Perfeito

Tem pena, anjo de Deus! deixa que eu sinta
Num beijo esta minh'alma enlouquecer
E que eu viva de amor nos teus joelhos,
E morra no teu seio o meu viver!
(Álvares de Azevedo)
beijos

sexta-feira, setembro 15, 2006

Delícia

Oi.
Hoje é sexta-feira e eu amo as sextas-feiras.
Acho um dia lindo e a noite então nem se fala.
Bom pra passear, se divertir, beber água de coco, ouvir música alta no carro, vidros aberto, sentindo a brisa refrescar o rosto, ficar literalmente com a cabeça fria.
Namorar, se não alguém, a vida.
Que é boa demais.
Namorar a lua, ela é linda.
Aproveitar com calma quem está ao seu lado, rir, brincar e sobretudo amar.
Linda sexta-feira.
Beijos




Tudo era apenas uma brincadeira e foi crescendo e crescendo .......(Peninha)

quinta-feira, setembro 14, 2006

Morte a pior piada

Assisti a algumas imagens do velório do Bussunda, quando os colegas do Casseta & Planeta deram seus depoimentos. Parecia que a qualquer instante iria estourar uma piada. Estava tudo sério demais, faltava a esculhambação, a zombaria, a desestruturação da cena. Mas nada acontecia ali de risível, era só dor e a perplexidade, que é mesmo o que causa em todos os que ficam. A verdade é que não havia nada a acrescentar no roteiro: a morte, por si só, é uma piada pronta. Morrer é ridículo. Você combinou de jantar com a namorada, está em pleno tratamento dentário, tem planos pra semana que vem, precisa autenticar um documento em cartório, colocar gasolina no carro e no meio da tarde morre. Como assim? E os e-mails que você ainda não abriu o livro que ficou pela metade, o telefonema que você prometeu dar à tardinha para um cliente? Não sei de onde tiraram esta idéia: morrer. A troco? Você passou mais de 10 anos da sua vida dentro de um colégio estudando fórmulas químicas que não serviriam pra nada, mas se manteve lá, fez as provas, foi em frente. Praticou muita educação física, quase perdeu o fôlego, mas não desistiu. Passou madrugadas sem dormir para estudar pro vestibular mesmo sem ter certeza do que gostaria de fazer da vida, cheio de dúvidas quanto à profissão escolhida, mas era hora de decidir, então decidiu, e mais uma vez foi em frente... De uma hora pra outra, tudo isso termina numa colisão na freeway, numa artéria entupida, num disparo feito por um delinqüente que gostou do seu tênis. Qual é? Morrer é um chiste. Obriga você a sair no melhor da festa sem se despedir de ninguém, sem ter dançado com a garota mais linda, sem ter tido tempo de ouvir outra vez sua música preferida. Você deixou em casa suas camisas penduradas nos cabides, sua toalha úmida no varal, e penduradas também algumas contas. Os outros vão ser obrigados a arrumar suas tralhas, a mexer nas suas gavetas, a apagar as pistas que você deixou durante uma vida inteira. Logo você, que sempre dizia: das minhas coisas cuido eu. Que pegadinha macabra: você sai sem tomar café e talvez não almoce, caminha por uma rua e talvez não chegue na próxima esquina, começa a falar e talvez não conclua o que pretende dizer. Não faz exames médicos, fuma dois maços por dia, bebe de tudo, curte costelas gordas e mulheres magras e morre num sábado de manhã. Se faz check-up regulares e não tem vícios, morre do mesmo jeito. Isso é para ser levado a sério? Tendo mais de cem anos de idade, vá lá, o sono eterno pode ser bem-vindo. Já não há mesmo muito a fazer, o corpo não acompanha a mente, e a mente também já rateia, sem falar que há quase nada guardado nas gavetas. Ok, hora de descansar em paz. Mas antes de viver tudo? Morrer cedo é uma transgressão, desfaz a ordem natural das coisas. Morrer é um exagero. E, como se sabe, o exagero é a matéria-prima das piadas. Só que esta não tem graça. Por isso viva tudo que há para viver. Não se apegue as coisas pequenas e inúteis da Vida... Perdoe... Sempre!!!
Pedro Bial

*
*
*
*
lindo dia cheio de vida

quarta-feira, setembro 13, 2006

Pra saber









"... meu amor

eu te decorei num só olhar..."

(A.B.)

*

*

*

*












Beijos e lindo dia.


terça-feira, setembro 12, 2006

Agora sim!

Olá meus amigos.
Agora sim um blog com minha cara, rsss.
Não ficou perfeito?
Eu amei, muito.
Obrigada Val, parabéns.
Beijos .
Bom dia.

domingo, setembro 10, 2006

Sem net

Oi

Amigos, fiquei sem net, desde quarta-feira, por isso dei uma sumidinha.
Assim que me organizar novamente eu ponho minhas visitas e venho postar também.
Uma linda semana pra todos.
Muitos beijos

terça-feira, setembro 05, 2006

Malas cheias de dinheiro


Voltei,segunda postagem num dia só ninguém vai me aguentar, rss.

Foi lendo o post da Luma(novamente na listinha),que falava que o dinheiro não compra a saúde,(ele compra bons tratamentos)e concordo plenamente com ela,eu me lembrei de algo que ouvi a alguns dias ,vou tentar recordar; intitulado:

Malas cheias de dinheiro

Malas cheias de dinheiro compram muita gente em volta mas não compram amigos.
Malas cheias de dinheiro compram lindas casas, mansões mas não compram um lar.
Compram dentes de porcelana, horários de dentistas sofisticados mas não compram um sorriso sincero.
Compram companhia mas não compram o amor.
Compram viagens maravilhosas mas não compram a saudade.
Compram muito movimento em volta da gente mas não a solidão.
Compram opinião mas não sinceridade.
Compram relógios caríssimos mas não momentos felizes.
Compram BMW, Mercedes, lanchas, aviões mas não compram dentro deles a companhia ideal que vc sempre quis.
Compram aplausos , muitos aplausos mas não o reconhecimento sincero.
Compram abraços mas não o calor humano.
Compram a fama mas não a alegria.
Compram diploma mas não capacidade.
Compram viagens caras, só não compram a vontade de ir.
Compram coisas bonitas de fora para dentro mas não compra a verdadeira beleza , de dentro pra fora.
Malas cheias de dinheiro desprezam pastéis de feira, e olha que eles são uma delícia.
Malas cheias de dinheiro não gostam das coisas simples e as coisas simples são boas demais.

Tirado de um editorial do meu "amigão" Pr. Paulo Lutero de Mello.
Beijos
OBS: já perceberam que eu não sei como colocar o link da pessoa a quem estou me referindo,fazer o que?

Amiga


Oi.
Eu graças a Deus fui presenteada com alguns bons amigos(as), me respeitam, me entendem e mesmo não entendendo muito, simplesmente me aceitam e me amam assim como sou.
Louvo a Deus pela vida de cada um de vocês.
Hoje quero falar em especial da Rita (ver lista de amigos), que é um doce, inteligentíssima e super modesta, de uma delicadeza e simplicidade fora do comum , além de um humor inigualável.
Estes dias ela escreveu no blog este parágrafo que transcrevo aqui:
"Queria agradecer, a Déia o e-mail que recebi.

Deinha, eu não sou religiosa, nem acredito nas religiões, vc bem sabe. Mas as suas palavras fo
ram a declaração de amizade mais bonita que recebi, até hoje!
Ser considerada uma das suas melhores amigas para mim é muito importante, mesmo que estejamos distantes, vc foi e sempre será aquela amigona, igual aquelas que temos na infância. (Eu já falei? Que sonho que estamos nos encontrando:eu, tu a Elizete,a Monique e o Zezinho) só pode ser sonho, né! Mas fazer o quê!"

Achei tão lindo da parte dela escrever isso no blog, e esta manhã ( eu acordo as 5:30), fui surpreendida com um email maravilhoso dela , sem perguntar absolutamente nada, simplesmente se fazendo presente e me mandando uma mensagem Tri legal.
Rita você é muito "querida", eu te amo . Obrigada.
Aos meus amigos: beijos.
Bom dia.

segunda-feira, setembro 04, 2006

É nisto que creio


É nisto que creio.

Quem me conhece um pouquinho sabe que sou alegre, divertida, estou sempre brincando, não costumo me desesperar. Mas, há dias que como qualquer pessoa , eu tenho altos e baixos, eu fico triste, brava, às vezes com raiva, decepcionada, irritada, solitária.
Alguns podem até comentar , mas ela não é 'crente', como pode um crente falar que fica triste ou com raiva?
Eu sou crente/evangélica e sinto tudo isso que escrevi acima, eu sou normal.
Eu creio na Bíblia como sendo a palavra de Deus, e na bíblia meu Deus já havia me preparado pra este tipo de coisa quando em João 16:33 ele disse ' no mundo tereis tribulação, mas tende bom ânimo eu venci o mundo'
A palavra tribulação em grego aqui é thlipsis, significando 'angústia', 'fardo', 'perseguição',' dificuldades'.
Mas o mesmo Deus que me disse que eu teria estas tribulações também me disse que'O choro pode durar a noite inteira mas a alegria vem ao amanhecer' Salmo 30:5 e que 'Todas as coisas contribuem para o bem daqueles que amam a Deus' em Romanos 8:28.
Eu entendo então que no final tudo dará certo porque isso é uma promessa dEle, embora algumas vezes eu até ache que o rumo das coisas não estão como eu esperava ou pedi, mas creio que ' sua vontade é boa , perfeita e agradável' Romanos 12:2 então eu simplesmente espero acontecer, porque sei que com certeza será o melhor pra mim. Isto é entrega, eu entreguei a direção da minha vida a Ele e sou muito feliz por isso.
Muito obrigada a todos os amigos pelo carinho.

domingo, setembro 03, 2006

Cade a poesia?



Quizera eu saber fazer poesia, rimar palavras,
pra conseguir demostrar o estado da minha alma.
Esvaziaria tudo que há em mim em cada estrófe.
Tudo não, deixaria escorrer a dor, a falta, a solidão.
Nem sei se sobraria alguma coisa
Porque hoje sou só .....

sexta-feira, setembro 01, 2006

Doideiras

As dez doenças mais malucas

Uma pesquisa do jornal australiano Sydney Morning Herald relacionou algumas
das síndromes mais estranhas que atingem o ser humano. Podem parecer
doideiras (e são...), mas para cada uma dessas doenças existe um batalhão
de médicos tentando descobrir a causa. E principalmente a cura
Por Marcelo Bortoli

10 -CEGUEIRA EMOCIONAL

A expressão "cego de emoção" existe na prática, e pode acontecer com
qualquer pessoa normal. O problema foi descoberto recentemente por
pesquisadores da Universidade de Yale, nos Estados Unidos. Depois de olhar
para alguma imagem forte, principalmente com conteúdo pornográfico, a
maioria das pessoas perde a vista por um curto espaço de tempo - décimos de
segundo na verdade. Até agora, nenhum especialista conseguiu explicar o
porquê dessa reação.A descoberta da cegueira emocional deu origem a um
movimento no Congresso americano para que seja banida toda a publicidade
com apelo erótico em grandes rodovias do país.


9 -SÍNDROME DA REDUÇÃO GENITAL

Também conhecido como koro, esse distúrbio mental deixa a pessoa convencida
de que seus genitais estão desaparecendo. A maioria dos casos até hoje foi
relatada em países da Ásia ou da África, e em muitos deles a síndrome
parece ter sido contagiosa! Um dos episódios mais estranhos ocorreu em
Cingapura, em 1967, quando o serviço de saúde local registrou centenas de
casos de homens que acreditavam que seu pênis estava sumindo.

Um único caso da síndrome da redução genital foi registrado até hoje no
Brasil, no Instituto de Psiquiatria da USP. Convencido de que seu pênis
estava sumindo, o doente tentou se matar com duas facadas no abdômen!



8- SÍNDROME DE RILEY-DAY

Se você já sonhou em nunca mais sentir nenhuma dor, cuidado com o que
pede... As vítimas dessa doença não sentem dores, mas isso é um problemão.
Elas ficam muito mais sujeitas a sofrer acidentes porque param de registrar
qualquer aviso de dano nos tecidos do corpo, como cortes ou queimaduras. A
doença é causada por uma mutação no gene IKBKAP do cromossomo 9 e foi
descrita pela primeira vez pelos médicos Milton Riley e Richard Lawrence
Day. Sem o aviso de perigo que a dor proporciona às pessoas comuns, a
maioria dos doentes com a síndrome de Riley-Day tende a morrer jovem, antes
dos 30 anos, por causa de ferimentos.



7 -SÍNDROME DE COTARD

Depressão extrema, em que o doente passa a acreditar que já morreu há
alguns anos. Ele acha que é um cadáver ambulante e que todos à sua volta
também estão mortos. Em casos extremos, o sujeito diz que pode sentir sua
carne apodrecendo e vermes passeando pelo corpo... Na fase final, a vítima
deixa até de dormir e sua ilusão pode efetivamente se tornar realidade. O
nome da doença faz referência ao médico francês Jules Cotard, que a
descreveu pela primeira vez em 1880.
Apesar de depressivo e certo de que está morto, o doente,
contraditoriamente, também pode apresentar idéias megalomaníacas, como a
crença na própria imortalidade.


6 - MALDIÇÃO DE ONDINA

O nome bizarro é uma referência a Ondina, ninfa das águas na mitologia pagã
européia. A doença, mais estranha ainda, faz com que as vítimas percam o
controle da respiração.

Se não ficar atento, o sujeito simplesmente esquece de respirar e acaba
sufocado! A síndrome foi descoberta há 30 anos e já existem cerca de 400
casos no mundo. Pesquisadores do hospital Enfants Malades, de Paris,
acreditam que a doença esteja relacionada com um gene chamado THOX2B. O
sistema nervoso central se descuida da respiração durante o sono e o doente
precisa dormir com um ventilador no rosto para não ficar sem ar!



5- PICA

Esse nome também estranho não tem nada de pornográfico: pica é uma palavra
atina derivada de pêga, um tipo de pombo que come qualquer coisa. E a pica
a síndrome, é claro... faz exatamente isso: a pessoa sente um apetite
compulsivo por coisas não comestíveis, como barro, pedras, tocos de
cigarros, tinta, cabelo... O problema atinge mais grávidas e crianças. Após
comerem muita porcaria involuntariamente, os glutões ficam com pedras
calcificadas no estômago.Em 2004, médicos franceses atenderam um senhor de
62 anos que devorava moedas. Apesar dos esforços, ele morreu. Com cerca de
600 dólares no estômago...



4- SÍNDROME DE ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS

doença que provoca distorções na percepção visual da vítima, fazendo com
que alguns objetos próximos pareçam desproporcionalmente minúsculos. O
distúrbio foi descrito pela primeira vez em 1955, pelo psiquiatra inglês
John Todd, que o batizou em homenagem ao livro de Lewis Carroll. Na obra, a
protagonista Alice enxerga coisas desproporcionais, como se estivesse numa
"viagem" provocada por LSD. As vítimas da síndrome também vêem distorções
no próprio corpo, acreditando que parte dele está mudando de forma ou de
tamanho.



3.- SÍNDROME DA MÃO ESTRANHA

"Minha mão agiu por conta própria..." Essa desculpa usada por alguns
cafajestes pode ser verdadeira. A síndrome em questão alien hand syndrome,
em inglês faz com que uma das mãos da vítima pareça ganhar vida própria. O
problema atinge principalmente pessoas com lesões no cérebro ou que
passaram por cirurgias na região. O duro é que o doente não presta atenção
na mão boba, até que ela faça alguma besteira. A mão doida é capaz de ações
complexas, como abrir zíperes... Os efeitos da falta de controle sobre a
mão podem ser reduzidos dando a ela uma tarefa qualquer, tarefa qualquer,
como segurar um objeto.


2 - SÍNDROME DE CAPGRAS

Após sofrer uma desilusão com o cônjuge, com os pais ou com qualquer outro
parente, a pessoa passa a acreditar que eles foram seqüestrados e
substituídos por impostores. O sintoma por vezes se volta contra a própria
vítima: ao se olhar no espelho, ela também acredita que está vendo a imagem
de um farsante. Neurose total! O problema tende a atingir mais pessoas a
partir dos 40 anos e suas causas ainda não são conhecidas. A síndrome foi
descoberta pelo psiquiatra francês Jean Marie Joseph Capgras, que a
descreveu pela primeira vez em 1923. Em graus mais extremos, a vítima acha
que até objetos inanimados, como cadeiras, mesas e livros, foram
substituídos por réplicas exatas.



1 SÍNDROME DO SOTAQUE ESTRANGEIRO

Após sofrer uma pancada ou qualquer outro tipo de lesão no cérebro, as
vítimas desse distúrbio passam a falar com sotaque francês... ou
italiano... ou espanhol. A língua varia, mas, na maioria dos casos, as
vítimas desconhecem o novo idioma. Segundo cientistas, a pronúncia não é
efetivamente estrangeira, só dá a impressão disso. Pesquisadores da
Universidade de Oxford, na Inglaterra, acreditam que o sintoma é causado
por um trauma em áreas do cérebro responsáveis pela linguagem, provocando
mudanças na entonação, na pronúncia e em outras características da fala. Um
caso bem recente da síndrome do sotaque rolou com a britânica Lynda Walker,
no mês passado. Após um infarto, Lynda acordou falando com sotaque
jamaicano.





Publicado na Edição 54 - 08/2006
Beijos e bom dia
 
//