Seguidores

sexta-feira, novembro 28, 2008

"O estar juntos"



Adoro quando estamos juntos.

Seu sorriso me fascina, o olhar me amolece e teu toque .... Ah o teu toque !

Esse me incendeia, me faz mulher de verdade, faz eu perder a razão.

Amo tudo o que você provoca em mim.

Amo as loucuras, o riso, o frio na barriga . Mas, sobretudo amo o que você é.

E você é maravilhoso.

quarta-feira, novembro 26, 2008

Semana




Semana começa agitada e eu fervendo ....
Com mil vontades ...

quinta-feira, novembro 20, 2008

Feriado



Duas vezes ....

segunda-feira, novembro 17, 2008

Findi




Olá.

Final de semana super cansativo, sem tempo pra nada. Tive aula sábado e domingo o dia inteirinho, estou com sono e cansada. Vai ser assim por pelo menos mais três semanas.

Estou adorando estar lá, aprender, fazer amizades, rir muito, ficar acordada até tarde, ter responsabilidades diferente. Sair pra almoçar com a turma, que é formada por seis rapazes e duas mocinhas ( contando eu, rss), falar coisas sem sentido, fazer bagunça, ser paparicada por eles, tudo é muito bom.

Ruim é ficar tanto tempo longe dos meus filhos, que foram pro pai na sexta e só voltaram ontem a noite, até a bagunça e gritaria deles fazem falta, mas isso é temporário.

Tive uma agradável supresa na sexta-feira, no sábado também, agradável é pouco pra descrever o que senti, diante do que aconteceu, foi um misto de euforia, alegria, tesão, felicidade, tudo junto.Ficou a vontade de quero mais, ficou coisas no meio do caminho, coisas não ditas.

Adorei ouvir ele me chamando de Preta.

Amei perceber que ele ainda sente vontade de me ver, de me ter ...


Linda tarde.

Beijos

sexta-feira, novembro 14, 2008

Ai




Você traz a lenha

Pro meu fogo acender

quarta-feira, novembro 12, 2008

Outras palavras ...



Que sorte a sua Moço, de eu só ver isso agora , porquê senão ...

A verdade é que quando o assunto é 'este assunto' nos entendemos perfeitamente, temos um encaixe ideal, lemos as entrelinhas, traduzimos as reticências, temos nossos próprios códigos, nossa linguagem. Um jeito único e delicioso de nos comunicarmos. Há palavras que só para nós tem significado e quanto elas querem dizer...

Você sabe tudo o que dizer pra conseguir o que deseja e eu tudo o que te instiga.

Ao meu lado você não se cansa e eu não enjoo.

A hora é sempre boa.

É , definitivamente não se pode negar que, você me percebe como ninguém ...

Humm...

Today




Estou mole, derretida.

Com vontade de um bom papo, de rir e falar bobeira...

Beijos

Bom dia!

segunda-feira, novembro 10, 2008

...








Em meus braços os melhores abraços.

Vem ....

sábado, novembro 08, 2008

Muitos prazeres




PRAZERES PELA METADE

(Leila Ferreira)


Não há nada que me deixe mais frustrada do que pedir sorvete de sobremesa, contar os minutos até ele chegar e aí ver o garçom colocar na minha frente uma bolinha minúscula do meu sorvete preferido? Uma só.

Quanto mais sofisticado o restaurante, menor a porção da sobremesa.

Aí a vontade que dá é de passar numa loja de conveniência, comprar um litro de sorvete bem cremoso e saborear em casa com direito a repetir quantas vezes a gente quiser, sem pensar em calorias, boas maneiras ou moderação.

O sorvete é só um exemplo do que tem sido nosso cotidiano.

A vida anda cheia de meias porções, de prazeres meia-boca, de aventuras pela metade.

A gente sai pra jantar, mas come pouco.

Vai à festa de casamento, mas resiste aos bombons.

Conquista a chamada liberdade sexual, mas tem que fingir que é difícil (a imensa maioria das mulheres continua com pavor de ser rotulada de 'fácil').

Adora tomar um banho demorado, mas se contém pra não desperdiçar os recursos do planeta.

Quer beijar aquele cara 20 anos mais novo, mas tem medo de fazer papel ridículo.

Tem vontade de ficar em casa vendo um DVD, esparramada no sofá, mas se obriga a ir malhar.

E por aí vai.

Tantos deveres, tanta preocupação em 'acertar', tanto empenho em passar na vida sem pegar recuperação...

Aí a vida vai ficando sem tempero, politicamente correta e existencialmente sem-graça, enquanto a gente vai ficando melancolicamente sem tesão..

Às vezes dá vontade de fazer tudo 'errado' ? Deixar de lado a régua, o compasso, a bússola, a balança e os 10 mandamentos.

Ser ridícula, inadequada, incoerente e não estar nem aí pro que dizem e o que pensam a nosso respeito.

Recusar prazeres incompletos e meias porções.

Até Santo Agostinho, que foi santo, uma vez se rebelou e disse uma frase mais ou menos assim:

'Deus, dai-me continência e castidade, mas não agora'..

Nós, que não aspiramos à santidade e estamos aqui de passagem, podemos (devemos?) desejar várias bolas de sorvete, bombons de muitos sabores, vários beijos bem dados, a água batendo sem pressa no corpo, o coração saciado.

Um dia a gente cria juízo.

Um dia. Não tem que ser agora.

Por isso, garçom, por favor, me traga: cinco bolas de sorvete de chocolate, um sofá pra eu ver 10 episódios do 'Law and Order', uma caixa de trufas bem macias e o Clive Owen embrulhado pra presente.

Não necessariamente nessa ordem. (nao mesmo, huihui)

Depois a gente vê como é que faz pra consertar o estrago.


Bom final de semana

Beijos

quinta-feira, novembro 06, 2008

Chuva


Delícia!
Refrescou tudo.
Molhou o corpo e alegrou a alma.

Saindo


Bom dia.
Hoje estou animada, tive uma noite de sono maravilhosa, sonhos leves e agradáveis.
Estou amando o curso, embora tem muita coisa difícil e nova pra mim, estou estudando bastante, ah como é bom.
Estou preparando um sarau poético com as crianças da ong, eles são lindos e estão bem empenhados, mas haja paciência.
Hoje retorno a tal Alameda Santos, espero resolver o problema, esperava também , por obra do 'acaso' te encontrar por lá Moço, seria um grande presente.
Lindo dia,
Muitos beijos

quarta-feira, novembro 05, 2008

Chegando


Contando os dias pro meu aniversário!
.
.
.
.
"Senhor, diante de ti está todo o meu desejo, e o meu gemido não te é oculto"

terça-feira, novembro 04, 2008

Voltei.
Fui ontem com meu filhote, ao Hospital Sírio Libanês pra ele fazer um exame, correu td bem, mais uma vez senti o cuidado de Deus conosco.
Claro que errei o caminho, como sou péssima , pra ir a lugares que nao conheço.
Pensei em vc, Moço, naquele lugar.
Bjs

Salmo





1 DEUS é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.
2 Portanto não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares.
3 Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza. (Selá.)
4 Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo.
5 Deus está no meio dela; não se abalará. Deus a ajudará, já ao romper da manhã.
6 Os gentios se embraveceram; os reinos se moveram; ele levantou a sua voz e a terra se derreteu.
7 O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.)
8 Vinde, contemplai as obras do Senhor; que desolações tem feito na terra!
9 Ele faz cessar as guerras até ao fim da terra; quebra o arco e corta a lança; queima os carros no fogo.
10 Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra.
11 O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.)


Salmos 46


Senhor , só em ti encontro refúgio, apoio e descanso pra minha alma.

segunda-feira, novembro 03, 2008

partilhando




Oi meu nome é A. sou comedora compulsiva buscando a recuperação. Só por hoje.
Outra vez me vi impotente diante da comida e usei-a pra preencher um vazio que racionalmente sei que ela não é capaz. Depois de muito tempo, fiz uma 'orgia alimentar'.
Tenho me sentindo tão só, tenho sentido tanta falta, a semana passada foi uma semana muito difícil , os dias foram passando lentamente, pedi ajuda, sinalizei , mas não consegui receber o que estava pedindo, e olha que eu peço tão pouco, eu tenho o péssimo costume de me contentar com pouco, com migalhas, embora saiba que mereço muito mais que isso.
Eu sei que todas essas atitudes estão erradas, ninguém precisa dizer.
Se isso adiantou ? É claro que não, o vazio e a tristeza agora são ainda piores, e ela vem acompanhada de culpa, de sentimento de impotência, de fracasso.
Obrigada pela partilha.
SPH.

 
//