Seguidores

terça-feira, outubro 14, 2014

E eu deliro ...

SILÊNCIO EXTERMINADO

 
o silêncio será exterminado
a quietude será castigada
toda quietude tem sua hora de explodir
deixe então para trás o passado tão quieto
(eu deixarei)
deixe e diga o quanto saboreia esse momento
compartilhe comigo as longas caminhadas
as longas histórias de leveza e de encanto.
 
não me interessa quem já passou em sua vida
quem está passando
eu quero é ficar nela
ficar na sua vida e revivê-la
fazer você sentir vontade de revê-la
de sentir que é estrela
eu quero é fazer
recuar seus medos das desilusões
e não ter medo de dizer que estou em sua vida.

casar não é para todos
mas saiba que existem
sim
loucos por você.
 
entre em cena num supetão
não só como circunstante expectadora
mas como atriz principal do primeiro ato da
liberdade e da libertação.
 
de onde cheguei?
quando?
como?
aplausos
talvez
nada mais.

sim
cantaremos juntos
para esquecer as desilusões
e escolheremos os pequeninos
grãos de areia
que comporão nossos sonhos.
outra vez
MAS de antemão eu aviso:
não bastam os beijos.

doces...
suculentos...
ilícitos...

Vicente

Nenhum comentário:

 
//